Foragido é preso trabalhando em construção de presídio - Folha de Boa Vista
INUSITADO
Foragido é preso trabalhando em construção de presídio
Davyd cumpria pena em regime semiaberto, por ter sido condenado no ano de 2010 por tentativa de homicídio
Por Folha Web
Em 29/07/2021 às 06:05
Davyd foi conduzido a DICAP e após procedimentos de rotina foi encaminhado a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Foto: Reprodução)

Um caso inusitado aconteceu nessa quarta-feira, 28, o foragido do Sistema Prisional de Roraima, Davyd Costa Cantuário, de 32 anos, foi recapturado por agentes da Divisão de Inteligência e Captura (DICAP) da Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUC), enquanto trabalhava na obra de construção do novo presídio na região do Monte Cristo.

Davyd cumpria pena em regime semiaberto, por ter sido condenado no ano de 2010 por tentativa de homicídio. Ocorre que no último mês de maio deixou de lado suas obrigações legais de assinar frequência e por esse motivo foi determinado pela Justiça Regressão Cautelar do regime de cumprimento de pena do aberto para o semiaberto, ocasião em que teve mandado de prisão expedido em seu desfavor. 

Por determinação da SEJUC, a empresa contratada para execução da obra deve sempre informar a relação dos trabalhadores que passa por uma análise da DICAP. 

O foragido iniciou suas atividades há dois dias pois a referida empresa terceirizou um serviço de serralheria, ainda assim a audácia do foragido foi tanta que acreditando que não seria descoberto resolveu arriscar. 

Mesmo fornecendo dados que não eram os seus acabou descoberto e preso. Davyd foi conduzido a DICAP e após procedimentos de rotina foi encaminhado a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, dando continuidade no cumprimento de sua pena.


VEJA VÍDEO:

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
6
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!