Força-tarefa é formada para localizar suspeito de matar empresária - Folha de Boa Vista
CASO JOSY GOMES
Força-tarefa é formada para localizar suspeito de matar empresária
O soldado da PM, Uirandê Costa de Mesquita, de 29 anos, está desaparecido desde o dia do crime, no domingo (23)
Por Folha Web
Em 27/08/2020 às 09:32
Joseane e Uirandê foram namorados. Caso é investigado como feminicídio - Foto: Arquivo Pessoal/Redes Sociais

A Polícia Civil de Roraima (PCRR) estabeleceu uma força-tarefa para localizar Uirandê Costa de Mesquita, de 29 anos, apontado como o principal suspeito pela morte da empresária Joseane Gomes da Silva, de 29 anos, com um tiro no dia 23.

A FolhaBV recebeu a informação de que a prisão preventiva do soldado da Polícia Militar foi representada à Justiça nesta quarta-feira (26). O caso é investigado como feminicídio.

Conforme a PC-RR, diversas testemunhas, inclusive algumas que presenciaram o crime, já foram ouvidas. “Portanto, grandes evidências apontam como principal suspeito o policial militar”, diz a corporação em nota.

As buscas pelo suspeito são realizadas tanto em Boa Vista quanto no Interior de Roraima. Todas as informações sobre o paradeiro do PM também estão sendo checadas.

“A Polícia Civil reforça que em momento algum deixou de investigar o caso ou tem agido com omissão, pelo fato do suspeito ser policial militar.  Os trabalhos têm sido realizados com imparcialidade e o objetivo é localizá-lo para que seja interrogado e preso, afim de responder pelo crime”, complementa em nota.

As informações foram levantadas inicialmente pela Delegacia Geral de Homicídios (DGH) e repassadas à equipe do Grupo de Resposta Imediata (GRI), sob a condução da delegada Simone Arruda.

A população pode colaborar com informações que levem até o soldado pelo Disque Denúncia 181.

CRIME

Joseane foi morta no domingo (23) com um tiro, no bairro Mecejana, em Boa Vista. No dia do crime, uma testemunha contou à PM que passava pelo local de carro e viu quando a vítima pediu socorro, mas não ajudou porque foi expulsa por um ‘homem alto com arma em punho’.

O celular do soldado e uma sandália tamanho 45/46 foram encontrados ao lado do corpo. O carro da vítima foi localizado na casa da mãe do suspeito. Os dois tiveram um relacionamento.

SEPULTAMENTO

O corpo da empresária foi liberado para sepultamento e transladado para Vitorino Freire, no Maranhão. O sepultamento ocorreu na cidade natal da vítima, onde a mãe mora.

'Josy Gomes' era dona de uma loja de roupas e sapatos na avenida general Ataíde Teive, no bairro Tancredo Neves. 

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
5
2
Cadastrar-me Enviar Comentário
SANTOS disse: Em 27/08/2020 às 07:26:02

"Deus me livre do cidadão de bem."