Militares da Venezuela são presos com mais de 30 kg de Mercúrio - Folha de Boa Vista
GARIMPO ILEGAL
Militares da Venezuela são presos com mais de 30 kg de Mercúrio
Minério seria comercializado em áreas de garimpo ilegal
Por Folha Web
Em 28/06/2022 às 14:22
Os suspeitos informaram aos policiais que o mercúrio vinha da Venezuela e seria comercializado em áreas de garimpos ilegais, aonde o quilo chegam a custar 10 gramas de ouro (Foto: Divulgação/FTSP)

Seis pessoas, entre eles, um tenente e um coronel da Força Aérea da Venezuela, foram presos com mais de 30 quilos de Mercúrio, que seria comercializado em áreas de garimpo ilegal em Roraima, na noite dessa segunda-feira, 27, no município de Pacaraima. Dos seis presos, quatro são venezuelanos.

As prisões e apreensões foram realizadas pela Força Tarefa de Segurança Pública (FTSP/RR), que informou que os suspeitos foram abordados em uma fiscalização de rotina no município, por volta das 21h e se deslocavam em dois veículos com destino à Boa Vista.

Os suspeitos informaram aos policiais que o mercúrio vinha da Venezuela e seria comercializado em áreas de garimpos ilegais, aonde o quilo chegam a custar 10 gramas de ouro.

Além do mercúrio, também foram apreendidos mais de 4 mil reais em espécie e rádios comunicadores. Os envolvidos foram encaminhados ao sistema prisional, onde permaneceram à disposição da justiça.

A Força Tarefa de Segurança Pública de Roraima é integrada pela Polícia Federal, Civil, Militar e Penal.

Os garimpeiros usam mercúrio para coletar o ouro dos concentrados na forma de um amálgama e recuperam o ouro metálico queimando-o. O mercúrio, que serve de ímã para grudar os pedaços menores de ouro, tornando-os mais visíveis e fáceis de serem separados, ainda é usado em larga escala pelos garimpeiros ilegais.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
23
2
Cadastrar-me Enviar Comentário
Damiao disse: Em 28/06/2022 às 14:31:34

"Deixa os Venezuelanos trabalhar, eles já tomaram de conta de pacaraima mesmo."