PF, Funai e Sesai não encontram indícios de estupro e morte de indígena - Folha de Boa Vista
TERRA YANOMAMI
PF, Funai e Sesai não encontram indícios de estupro e morte de indígena
Instituições disseram ter realizado extensas diligências e levantamento de informações com indígenas da comunidade Aracaçá, onde uma adolescente Yanomami teria sido morta e uma criança teria desaparecido no rio
Por Folha Web
Em 28/04/2022 às 17:15
Instituições viajaram para a região onde teria ocorrido o crime (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal (PF), a Fundação Nacional do Índio (Funai), Ministério Público Federal e a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) informaram, em nota divulgada nesta quinta-feira (28), que não encontraram indícios do estupro e da morte da adolescente indígena de 12 anos, na Terra Indígena Yanomami.

As instituições disseram que, nessa quarta-feira (27), junto com o MPF e com apoio do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira (FAB), deslocaram equipe de servidores à aldeia Aracaçá, na região do Waikás, para apurar os relatos feitos pelo presidente do Condisi-YY (Conselho Distrital de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kuana), Júnior Hekurari.

Na noite de segunda-feira (25), Hekurari divulgou vídeo nas redes sociais em que relata a invasão de garimpeiros à comunidade, onde teriam levado uma mulher e a adolescente, a qual teria sido estuprada e morta. Ele relatou, ainda, que na mesma ocasião, uma criança que estava com a mulher caiu do barco onde estavam e desapareceu no rio. No dia seguinte, ele oficializou o pedido às autoridades para a apuração do caso.

No entanto, PF, Funai e Sesai disseram ter realizado extensas diligências e levantamento de informações com indígenas da comunidade, e também disseram não ter encontrado indícios de óbito por afogamento de criança indígena. Por outro lado, informaram que as equipes seguem em diligência em busca de maiores esclarecimentos das denúncias.

“A Polícia Federal reafirma o comprometimento no cumprimento de suas atribuições e ressalta que todas as denúncias recebidas são devidamente apuradas”, diz a nota.

A PF informou atualizou a nota enviada à imprensa, informando que as equipes retornaram para Boa Vista no final da tarde desta quinta-feira, 28.

Matéria atualizada às 18h38

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
11
11
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!