Vendedor condenado a 25 anos por estuprar o próprio filho é preso - Folha de Boa Vista
OPERAÇÃO ACALENTO
Vendedor condenado a 25 anos por estuprar o próprio filho é preso
O crime foi cometido em 2013
Por Folha Web
Em 22/06/2022 às 17:00
A prisão dele ocorreu no bairro Caimbé e ele não resistiu a ação policial. (Foto: PCRR)

A Polícia Civil de Roraima por meio dos agentes do NPCA (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente) cumpriram mandado de prisão contra o vendedor R. S. P., de 32 anos, acusado de crime de estupro de vulnerável. 

Ação faz parte da Operação Acalento que teve início no dia 13 de junho e está sendo promovida pelo MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública), coordenada pela SEOPI (Secretaria de Operações Integradas).

De acordo informações prestadas pela delegada interina do NPCA, Elisa Mendonça, a operação está sendo realizada em todos os Estados, e tem como objetivo ações de repressão a crimes de violência contra crianças e adolescentes e segue até o dia 12 de julho.

A delegada ressaltou, que consta na Denúncia do Ministério Público que o crime praticado por R. S. P., ocorreu no ano de 2013. 

"Consta na Denúncia que por diversas vezes o acusado violentou o filho, que na época dos fatos tinha pouco mais de 01 ano de idade. Quando a mãe da criança saía para trabalhar deixava o filho aos cuidados do pai, que nessas ocasiões praticava atos libidinosos que deixaram ferimentos graves na criança”, relatou a delegada.

Conforme a delegada, o vendedor foi condenado a pena 25 anos de reclusão em regime fechado. A prisão dele ocorreu no bairro Caimbé e ele não resistiu a ação policial.

Após passar por exames de integridade física no IML (Instituto de Medicina Legal) em seguida ele foi encaminhado a Custódia da Polícia Civil.

“A operação Acalento tem como objetivo prevenir e reprimir crimes dessa natureza, além de garantir à proteção das crianças e adolescentes e prender os agressores, cumprindo nosso papel conforme determina lei”, finalizou a delegada.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
6
2
Cadastrar-me Enviar Comentário
Josy disse: Em 23/06/2022 às 08:44:32

"Em 2013? E só agora esse monstro foi condenado? Depois não entendem a revolta do povo com (in) justiça. Que absurdo !"