PUBLICIDADE
POLÍTICA NACIONAL
Apenas um senador de RR votou pela derrubada do Decreto das Armas
A votação no pleno do Senador, realizada ontem, dia 18, terminou com por 47 votos contra 28
Por Folha Web
Em 19/06/2019 às 09:02
Votação mostrou-se polarizada, com um dos três senadores de Roraima voltando pela derrubada do decreto das armas (Foto: Divulgação)

O pleno do Senado Federal derrubou na noite de ontem, dia 18, o decreto que facilita a aquisição e o porte de armas para várias categorias no Brasil. A medida era uma das promessas do presidente Jair Bolsonaro, durante a campanha eleitoral. Com a derrota por 47 votos contra 28, o texto volta para apreciação na Câmara dos Deputados.

Analistas políticos já previam uma derrota do governo e isso acabou se concretizando, em uma votação bem polarizada. Foram apenas 19 votos de diferença. Dos três parlamentares de Roraima, apenas Mecias de Jesus (PRB) votou pela derrubada do decreto.

PUBLICIDADE

VEJA COMO VOTARAM OS SENADORES

SIM (Contra o decreto das armas):

- Eliziane Gama (Cidadania-MA)
- Alessandro Vieira (Cidadania-SE)
- Álvaro Dias (Podemos-PR)
- Eduardo Girão (Podemos-CE)
- Oriovisto Guimarães (Podemos-PR)
- Romário (Podemos-RJ)
- Rose de Freitas (Podemos-ES)
- Styvenson Valentim (Podemos-RN)
- Antonio Anastasia (PSDB-MG)
- Mara Gabrilli (PSDB-SP)
- José Serra (PSDB-SP)
- Plínio Valério (PSDB-AM)
- Rodrigo Cunha (PSDB-AL)
- Tasso Jereissati (PSDB-CE)
- Mecias de Jesus (PRB-RR)
- Cid Gomes (PDT-CE)
-Weverton (PDT-MA)
- Kátia Abreu (PDT-TO)
- Wellington Fagundes (PL-MT)
- Daniella Ribeiro (PP-PB)
- Esperidião Amin (PP-SC)
- Jorge Kajuru (PSB-GO)
- Leila Barros (PSB-DF)
- Veneziano (PSB-PB)
- Fabiano Contarato (Rede-ES)
- Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
- Flávio Arns (Rede-PR)
- Humberto Costa (PT-PE)
- Rogério Carvalho (PT-SE)
- Jaques Wagner (PT-BA)
- Jean Paul Prates (PT-RN)
- Paulo Paim (PT-RS)
- Paulo Rocha (PT-PA)
- Confúcio Moura (MDB-RO)
- Eduardo Braga (MDB-AM)
- Renan Calheiros (MDB-AL)
- Jarbas Vasconcelos (MDB-PE)
- José Maranhão (MDB-PB)
- Marcelo Castro (MDB-PI)
- Simone Tebet (MDB-MS)
- Otto Alencar (PSD-BA)
- Omar Aziz (PSD-AM)
- Jayme Campos (DEM-MT)
- Rodrigo Pacheco (DEM-MG)
- Renilde Bulhões (Pros-AL)
- Zenaide Maia (Pros-RN)
- Reguffe (Sem partido-DF)

NÃO (a favor do decreto das armas):

- Flávio Bolsonaro (PSL-RJ)
- Major Olímpio (PSL-SP)
- Juíza Selma (PSL-MT)
- Soraya Thronycke (PSL-MS)
- Angelo Coronel (PSD-BA)
- Arolde de Oliveira (PSD-RJ)
- Lucas Barreto (PSD-AP)
- Carlos Viana (PSD-MG)
- Nelsinho Trad (PSD-MS)
- Chico Rodrigues (DEM-RR)
- Marcos Rogério (DEM-RO)
- Ciro Nogueira (PP-PI)
- Luiz Carlos Heinze (PP-RS)
-Vanderlan Cardoso (PP-GO)
- Mailza Gomes (PP-AC)
- Elmano Férrer (Podemos-PI)
- Lasier Martins (Podemos-RS)
- Izalci Lucas (PSDB-DF)
- Roberto Rocha (PSDB-MA)
- Jorginho Mello (PL-SC)
- Marcos do Val (Cidadania-ES)
- Telmário Mota (Pros-RR)
- Márcio Bittar (MDB-AC)
- Luiz do Carmo (MDB-GO)
- Dario Berger (MDB-SC)
- Eduardo Gomes (MDB-TO)
- Fernando Bezerra (MDB-PE)
- Zequinha Marinho (PSC-PA)

***
Gostou?
12
25
federal disse: Em 26/06/2019 às 08:51:42

"O senador Messias votou contra o decreto mas duvido se não tem arma em casa e ou tem seguranças armados na casa dele... bando de hipócritas!"

Ravena disse: Em 20/06/2019 às 22:38:59

"Isso é uma questão de opinião e na minha o povo brasileiro não tem condições de ser armado, porque o povo é esquentado por nada."

ANTONIO DE OLIVEIRA disse: Em 19/06/2019 às 12:17:32

"É claro que os políticos não deixarão armar a população,porque os mesmos poderiam ser alvejados por cidadãos de bem...Fora outras razões que são condizentes,como brigas de trânsitos e confusões emocionais que podem acontecer por um ódio ou fúria descontrolada acabando em mortes por qualquer desafeto...lamentável,mas sou a favor das armas,a população é que teria que se adaptar em andar direitinho nas ruas,respeitando as pessoas evitando conflitos para não levar tiro. As leis existem para crimes, o que não existe é lei de controle emocional para evitar as mortes...depois do ato consumado,não existe volta para a vida."

Falei e disse: Em 19/06/2019 às 12:01:46

"Vcs já imaginaram o Telmário desempregado com uma arma na mão?"

Castro disse: Em 19/06/2019 às 11:40:02

"É só o que criminosos querem povo desarmado."

Henrique Sérgio Nobre disse: Em 19/06/2019 às 11:35:16

"Não sejamos hipócritas, a história da humanidade foi forjada pelas armas. O direito de defesa não deve ser proibido pelo Estado, afinal não se tem um policial militar 24h pra lhe dar segurança. Atendidos os requisitos legais, todos dever ter alguma forma de defende a própria vida, inclusive as mulheres vítimas de violência doméstica (Lei Maria da Penha)."

Jordeilson disse: Em 19/06/2019 às 10:15:55

"O que o Brasileiro precisa é de Educação, Saúde, Emprego e Segurança e não de armas."