Confira as acusações que recaem sobre Cascavel, Wizard e Pazuello - Folha de Boa Vista
CPI DA COVID NO SENADO
Confira as acusações que recaem sobre Cascavel, Wizard e Pazuello
Além deles, a CPI da Covid pede o indiciamento de Bolsonaro e outros 76
Por Folha Web
Em 27/10/2021 às 15:12
Airton Soligo, Carlos Wizard e Eduardo Pazuello são bastante conhecidos em Roraima (Foto: Arquivo FolhaBV)

O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado, traz os nomes do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que foi secretário estadual de Fazenda no período da intervenção federal em Roraima, no início de 2019; do ex-assessor especial do Ministério da Saúde, Airton cascavel, que foi secretário estadual de Saúde por dois meses deste ano no atual governo; e do empresário e participante do ‘gabinete paralelo’ do Ministério da Saúde, Carlos Wizard, que investiu na interiorização de imigrantes de Roraima para outros estados.

O documento foi apresentado na semana passada pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), e foi aprovado por 7 votos a 4 em sessão nesta terça-feira (26). O texto, votado pelos membros titulares da comissão, recomenda que o presidente Jair Bolsonaro seja investigado e, eventualmente, responsabilizado em três frentes devido à gestão do seu governo na pandemia de coronavírus: por crimes comuns, por crimes de responsabilidade e por crimes contra a humanidade.

Com o resultado, essas acusações contra o presidente serão analisadas em três órgãos. Além do presidente, o relatório pede o indiciamento de 79 pessoas - incluindo ex-ministros, ministros, políticos, servidores públicos, empresários, membros do chamado "gabinete paralelo" - e duas empresas, a Precisa Medicamentos e a VTCLog.

Confira quais as acusações recaem sobre Eduardo Pazuello, Airton Soligo e Carlos Wizard:

Ex-Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

  • epidemia com resultado morte
  • emprego irregular de verbas públicas
  • prevaricação
  • comunicação falsa de crime
  • crimes contra a humanidade nas modalidades extermínio, perseguição e outros atos desumanos

Ex-assessor especial do Ministério da Saúde, Airton Soligo

  • usurpação de função pública

Empresário e e participante do ‘gabinete paralelo’, Carlos Wizard

  • epidemia com resultado morte
  • incitação ao crime

Fonte: BBC e Agência Senado

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
3
10
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!