Desvio de recursos destinados à covid-19 chega a R$ 700 milhões - Folha de Boa Vista
PF E CGU
Desvio de recursos destinados à covid-19 chega a R$ 700 milhões
Este ano foram realizadas 67 operações conjuntas - Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) indicam que houve um prejuízo estimado de R$ 1,1 bilhão aos cofres públicos
Por Folha Web
Em 16/10/2020 às 17:59
Ministro da CGU, Wagner Rosário, disse que s operações da PF e CGU apontam prejuízos de R$ 1,1 bi (Crédito: Arquivo / CGU)

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, disse que 67 operações conjuntas realizadas este ano em parceria com a Polícia Federal (PF) indicam que houve um prejuízo estimado de R$ 1,1 bilhão aos cofres públicos.

Segundo ele, entre as operações, 29 tiveram iniciativa na própria CGU, 29 na PF e nove no Ministério Público.

Ao participar da live semanal do presidente Jair Bolsonaro, Rosário afirmou que a controladoria monitora atualmente contratos dos estados, de 279 municípios, o que inclui todas as cidades com mais de 500 mil habitantes e com maior quantidade de recursos, além de todos os contratos do governo federal. “Está no radar. Todos os dias, a gente atualiza os dados.”

Ainda segundo o ministro, foram 39 operações conjuntas para apurar o desvio de recursos destinados especificamente ao combate à pandemia de covid-19 e que representam um prejuízo estimado de R$ 700 milhões. “É pouco perto do quantitativo de recursos repassados, mas a gente está acompanhando com olho atento”.

*Com informações IstoÉ

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
6
1
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!