PUBLICIDADE
ECONOMIA
Emissão de CPF e restituição de IR voltam a ter risco de suspensão
Por Folha Web
Em 06/09/2019 às 08:26
A interrupção nas atividades pode acontecer a partir deste mês (Foto: Divulgação)

As atividades da Receita Federal voltaram a ter risco de paralisação por falta de recursos. A interrupção nas atividades pode acontecer a partir deste mês mesmo depois de o governo anunciar um corte de despesas que incluiu suspensão de compra de café e dispensa de estagiários.

Integrantes do Ministério da Economia informaram que as medidas de corte de gastos ajudaram a prolongar a prestação dos serviços, mas que agora o sistema da Receita poderá parar de funcionar em 20 dias.

Isso interromperia serviços básicos, como emissão de CPF, pagamento de restituição do IR (Imposto de Renda) e controle de importação e exportação de produtos no Brasil. Procurada, a assessoria da Receita confirmou ter recursos suficientes até 24 de setembro. Sem a liberação de mais dinheiro para o órgão, essas atividades devem ficar comprometidas.

PUBLICIDADE

Essa é a segunda ameaça de shutdown (paralisação de serviços) no ano. Em agosto, o alerta foi dado e o governo estudou como remanejar recursos da pasta.

Procurado, o Ministério da Economia afirmou em nota que a portaria publicada há duas semanas prevê que os recursos sejam canalizados para manutenção de todos os sistemas essenciais para prestação de serviços ao cidadão.

De acordo com a pasta, está sendo verificado se as prioridades e a manutenção de todos os sistemas essenciais para prestação de serviços ao cidadão estão de fato sendo atendidas.

Com informações do portal Notícias ao Minuto

***
Gostou?
0
10
Manuel disse: Em 06/09/2019 às 09:50:59

"Uma lastima com uma média de 300 venezuelanos chegando todos os dias como vai ficar esta coisa sem os trabalhos dos estagiários sem ter como fazer o cafezinho."