PUBLICIDADE
JUSTIÇA
STF criminaliza homofobia como forma de racismo
A homofobia também poderá ser utilizada como qualificadora de motivo torpe no caso de homicídios dolosos ocorridos contra homossexuais
Por Folha Web
Em 14/06/2019 às 17:29
(Foto: Divulgação)

Após seis sessões de julgamento, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira, 13, criminalizar a homofobia como forma de racismo. Pela tese definida no julgamento, a homofobia também poderá ser utilizada como qualificadora de motivo torpe no caso de homicídios dolosos ocorridos contra homossexuais.

Ao finalizar o julgamento da questão, com oito votos a favor e três contra, a Corte declarou a omissão do Congresso em aprovar a matéria e determinou que o crime de racismo seja enquadrado nos casos de agressões contra o público LGBT até que uma norma específica seja aprovada pelo Congresso Nacional.

Os ministros entenderam que o Congresso não pode deixar de tomar as medidas legislativas que foram determinadas pela Constituição para combater atos de discriminação. A maioria também afirmou que a Corte não está legislando, mas apenas determinando o cumprimento da Constituição.

PUBLICIDADE

Religiosos e fiéis não poderão ser punidos por racismo ao externarem suas convicções doutrinárias sobre orientação sexual desde que suas manifestações não configurem discurso discriminatório.

O caso foi discutido na Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) número 26 e no Mandado de Injunção número 4.733, ações protocoladas pelo Partido Popular Socialista (PPS) e pela Associação Brasileiras de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT).

As entidades defenderam que a minoria LGBT deve ser incluída no conceito de "raça social", e os agressores punidos na forma do crime de racismo, cuja conduta é inafiançável e imprescritível. A pena varia entre um e cinco anos de reclusão, de acordo com a conduta.

***
Gostou?
3
14
Martins Silva disse: Em 16/06/2019 às 20:08:18

"Estupro prescreve, mas xingar alguém injuriando em relação ao desvio de finalidade de órgão do corpo é inafiançável. Tem algo aí que não está certo!"

Jarbas Carneiro disse: Em 15/06/2019 às 20:50:57

"STF não pode legislar, estão atropelando o congresso, isso só gera revolta."

Martins Silva disse: Em 16/06/2019 às 20:10:24

"Quando é em interesse próprio. Eles acabam legislando!"