Damares quer diminuir índices de sub registros de nascimento - Folha de Boa Vista
VISITA A RORAIMA
Damares quer diminuir índices de sub registros de nascimento
Ação quer aumentar localidades em que registro civil de nascimento é feito dentro do estabelecimento de saúde que realizam partos
Por Folha Web
Em 26/07/2021 às 12:41
Entrega ocorreu na manhã desta segunda-feira, 26 (Foto: Diane Sampaio/FolhaBV)

A ministra Damares Alves quer diminuir a taxa de sub-registro de nascimento, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Com essa proposta, ela participou da solenidade de entrega de duas vans para a Defensoria Pública de Roraima nesta segunda-feira, 26.

A ação faz parte do Programa de Fomento à Implantação de Unidades Interligadas de Registro Civil.

“Nossa meta é aumentar localidades em que registro civil de nascimento é feito dentro do estabelecimento de saúde que realizam partos. Queremos ganhar um Prêmio Nobel com essa ação. Queremos que o direito ao nome e o reconhecimento da inclusão em uma família se tornem realidade na vida de todas as crianças brasileiras”, enfatizou a ministra da pasta, Damares Alves.

Durante a solenidade, o governador Antonio Denarium ressaltou a parceria do Governo do Estado com o Ministério da Mulher.

“O projeto "Vans dos Direitos" tem o objetivo de promover assistência jurídica, judicial e extrajudicial, de forma gratuita e integral para chegar a quem precisa” relatou.

O defensor público-geral, Stélio Dener, afirmou que os serviços ocorrerão semanalmente nos bairros mais distantes do Centro.

“Hoje nós estamos colhendo avanços do Governo Antonio Denarium, essa é mais uma conquista que a população ganha. Com toda certeza, a Defensoria estará mais equipada para levar o melhor atendimento possível aos assistidos. As vans são equipadas com motor de luz,  internet, ar condicionado e dois balcões de atendimento cada” finalizou.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
1
5
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!