“Governador não quer o 10º de jeito nenhum”, diz Leocádio Vasconcelos - Folha de Boa Vista
SECRETÁRIOS DE SAÚDE
“Governador não quer o 10º de jeito nenhum”, diz Leocádio Vasconcelos
Novo secretário de Saúde é o nono a comandar a pasta no governo de Antonio Denarium
Por Folha Web
Em 26/07/2021 às 06:01
Com 40 anos de vida pública, Leocádio Vasconcelos já passou pelas principais secretarias estaduais. (Foto: Reprodução/Facebook)

Nono secretário estadual de Saúde em 2 anos e meio – uma média de quase 4 meses para cada secretário – Leocádio Vasconcelos, com quase 40 anos de vida pública, foi a nova escolha do governador Antonio Denarium para gerir a pasta. 

Em entrevista ao programa Agenda da Semana, da Rádio Folha FM 100.3, apresentado pelo economista Getúlio Cruz, Leocádio mencionou que em um primeiro momento, não pretendia aceitar a proposta, mas foi demovido da ideia após longa conversa com o chefe do Executivo Estadual. "Ele disse que não quer o décimo - secretário de Saúde - de jeito nenhum", comentou. 

O secretário enfatizou que pesou na decisão estar na pasta à convite do próprio governador, e não a partir de indicações políticas. “Conheço a dimensão do desafio e não estava predisposto, mas depois de uma conversa demorada com o governador, mudei de ideia pelas diretrizes traçadas para a Saúde”, disse. 

O secretário mencionou que terá carta branca para fazer os ajustes que entender necessário na equipe da Sesau. “Não levarei ninguém, mas vou trabalhar com quem corresponder, não interessa se tem padrinho. Quem atender às nossas diretrizes vai ficar. Quem não atender, vamos pedir substituição”, garantiu.

Terceirização 

O novo secretário disse que vai reunir a equipe para analisar a possibilidade de terceirizar algumas ações da saúde. Ele afirma que a principal preocupação neste momento são as cirurgias eletivas. 

“Será que não seria possível contratar hospitais privados, organizações, para fazer um trabalho de realização dessas cirurgias eletivas, setor por setor? Desde que recebi o convite fiquei pensando nisso, e agora vamos ver a parte legal”, adiantou. 

Um exemplo de como esta política pode dar resultado está na área ortopédica. A Sesau já teve convênio com o Into (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia), que enviava periodicamente uma equipe para Boa Vista para executar os procedimentos no HGR (Hospital Geral de Roraima). Esta é uma das iniciativas que ele disse que pretende retomar.

Ele também mencionou que é urgente a conclusão do anexo do HGR, e que pretende fazer uma readequação no quadro de pessoal e rever "supersalários". 

Saiba mais:

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
4
10
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!