Aprovado projeto que isenta ICMS a apoiadores de ações culturais - Folha de Boa Vista
NA ALERR
Aprovado projeto que isenta ICMS a apoiadores de ações culturais
Entre os benefícios concedidos, estão os voltados a pessoas físicas e jurídicas, domiciliadas há, pelo menos, dois anos no Estado
Por Folha Web
Em 28/10/2021 às 06:00
Projeto foi aprovado na sessão desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa (Foto: Tiago Orhuela/SupCom ALERR)

Ter até 100% do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) de contribuintes apoiadores da cultura em Roraima aplicados em ações culturais é a proposta do Projeto de Lei (PL) 261/2021, do Governo do Estado, aprovado com 18 votos na sessão ordinária desta quarta-feira (27) da Assembleia Legislativa.

A proposta é incentivar e facilitar o acesso da comunidade aos bens, manifestações culturais e estimular o desenvolvimento socioeconômico pela disciplina a concessão de incentivos fiscais à realização de projetos culturais.

Entre os benefícios concedidos, estão os voltados a pessoas físicas e jurídicas, domiciliadas há, pelo menos, dois anos no Estado. Os interessados só serão beneficiados em até dois projetos por ano. O projeto permite ainda a concessão do “Selo Amigos da Cultura” aos incentivadores e apoiadores financeiros culturais.

Na sessão, a deputada Betânia Almeida (PV) agradeceu o apoio dos parlamentares. Ela apresentou emenda para ampliar o acesso à legislação a todos os ramos da música. “Projeto importante para cultura do Estado de Roraima”, destacou.

“Quero parabenizar a deputada Betânia que apresentou uma emenda para contemplar todos os músicos”, afirmou o deputado Jeferson Alves (PTB). 

A deputada Catarina Guerra (SD) agradeceu ao Governo do Estado pela sensibilidade da proposta para os artistas e produtores artísticos. Lenir Rodrigues (Cidadania) ressaltou os benefícios da cultura. “Gera renda, gera prazer, gera saúde”.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
1
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!