Audiência pública vai discutir atuação do Ibama em áreas de garimpo - Folha de Boa Vista
SUPOSTOS ABUSOS
Audiência pública vai discutir atuação do Ibama em áreas de garimpo
Audiência ocorre em 4 de novembro no Plenário Noêmia Bastos Amazonas, na Assembleia Legislativa
Por Folha Web
Em 01/11/2021 às 16:00
Recentemente, o Ibama promoveu uma operação que destruiu 59 pistas de pouso e apreendeu 11 aeronaves que serviam de apoio logístico a um garimpo dentro da Terra Indígena Yanomami (Foto: Divulgação)

Na quinta-feira (4), representantes da Associação dos Garimpeiros de Roraima e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) se reunirão para debater supostos abusos cometidos pela autarquia federal em área de garimpo em Roraima. A audiência pública vai ocorrer no Plenário Noêmia Bastos Amazonas, na Assembleia Legislativa.

 “Precisamos saber sobre essas denúncias de queima de maquinário, destruindo os bens das pessoas que estão trabalhando. Queremos, por meio do diálogo, buscar alternativas para que a gente possa dar fim a essas barbaridades que estão acontecendo no Estado, então, nada melhor que ouvir os envolvidos”, disse o deputado Jeferson Alves.

Recentemente, o Ibama promoveu uma operação que destruiu 59 pistas de pouso e apreendeu 11 aeronaves que serviam de apoio logístico a um garimpo dentro da Terra Indígena Yanomami. Ainda houve a apreensão de oito veículos, três tratores e 15.150 litros de combustível, entre óleo diesel, querosene e gasolina de aviação.

“É um tema que aflige toda a sociedade, precisamos construir a quatro mãos propostas que não prejudiquem ninguém. Por isso, esse debate se faz tão necessário. É o momento de ouvirmos as demandas dos garimpeiros e esclarecer algumas ações do Ibama. Convido toda a sociedade a participar das discussões”, declarou o deputado.

A audiência pública ocorre a partir das 9h. O evento será transmitido ao vivo pela TV Assembleia, canal 57.3.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
5
7
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!