PUBLICIDADE
POR UNANIMIDADE
Brito Bezerra é escolhido para cargo de conselheiro 
Dos 8 candidatos à vaga inscritos originalmente, apenas 4 compareceram na votação
Por Cyneida Correia
Em 27/03/2019 às 02:20
Em votação secreta, parlamentar foi votado pelos 23 deputados presentes na sessão plenária (Foto: Priscilla Torres/FolhaBV)

O cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Roraima (TCE-RR) será ocupado pelo deputado Brito Bezerra, eleito por unanimidade na Assembleia Legislativa na manhã de ontem, 26, com 23 votos. O resultado será encaminhado para referendo do governo do Estado. 

Além de deputado, Brito Bezerra é empresário, formado em Agropecuária, Administração de Empresas e Direito. Nasceu na cidade de Milagres, no Ceará. Ficou por três mandatos na Assembleia Legislativa de Roraima pelo Partido Progressista (PP), eleito no último pleito com 5.307 votos. Após sua saída, deve assumir a primeira suplente, Ângela Águida Portela.

“Pra mim, é uma grande honra estar nesta Casa há oito anos e contar com apoio incondicional de todos os colegas para ir para o TCE. Me sinto muito honrado e pretendo trabalhar muito por Roraima. Pretendemos atuar com probidade para que os recursos públicos sejam investidos em prol do nosso Estado. Fiquei muito feliz, pois tenho amizade com os colegas e preenchi todos os requisitos do edital e, sendo a vaga da Assembleia, é natural que um deputado preencha essa vaga”, afirmou.

PUBLICIDADE

Ao todo, oito candidatos concorriam ao cargo vitalício do TCE. A votação do projeto de decreto legislativo ocorreu de forma secreta, com a escolha individual dos parlamentares assinalada em cédula depositada em uma urna.

Para Brito Bezerra, o apoio dos colegas de Parlamento será fundamental para a continuidade dos trabalhos de fiscalização, desta vez, na Corte de Contas.

“Essa unanimidade se deu por conta dessa boa amizade e, é claro, pelo atendimento aos critérios estabelecidos pelo edital”, agradeceu.

Ele afirma que participará de uma reunião com os demais conselheiros para conhecer o trabalho e definir uma linha de atuação. 

“De uma coisa eu tenho certeza, trabalharei com probidade para que os recursos públicos, de um bilhão a um real, possam ser bem investidos em prol do cidadão de Roraima”, garantiu.

Das sete vagas de conselheiro do TCE, quatro são da Assembleia Legislativa, duas do Poder Executivo e uma do Ministério Público de Roraima. 

***
Gostou?
18
87
Rocha disse: Em 26/03/2019 às 15:44:56

"Ooooh mudança!!!! Não se fazem mas deputados como antigamente. Só lutam por causas próprias e esquecem do povo."

cabuloso disse: Em 26/03/2019 às 13:58:40

"Eleitor de Roraima, perceberam o que aconteceu?? Vcs que votaram pela mudança (mesmo que foram poucos os novos deputados eleitos), conseguiram perceber que na verdade, mudança não houve de jeito nenhum? Dos 23 deputados presentes, todos votaram no Brito, ou seja, todos estão unidos em prol de seus interesses pessoais. Daqui 3,5 anos, votem novamente nesses que aí estão......"

Freitas disse: Em 26/03/2019 às 11:11:37

"O maior apoiador dos Campos, grupo político que tanto mal fez e ainda faz ao nosso Estado. Da Assembleia Legislativa não era de se esperar nada de bom, já que estes deputados (como sempre) só estão comprometidos com seus interesses pessoais. "