PUBLICIDADE
POLÍTICA NACIONAL
Governo deve formar comissão para discutir crise migratória
A medida foi tomada após partidos do Centrão ameaçarem obstruir sessões importantes da Câmara
Por Folha Web
Em 21/08/2019 às 12:22
Deputado Jhonatan de Jesus informou que a tentativa de obstrução dos partidos de centro foi com intuito de chamar a atenção do presidente Bolsonaro (Foto: Divulgação)

O Governo pretende instaurar, nos próximos dias, uma comissão formada por ministros para entender as prioridades em relação à crise do fluxo migratório de venezuelanos no País. A medida atender aos pedidos de parlamentares da bancada de Roraima e as discussões devem contar com a participação de governadores e prefeitos da região Norte.

Ontem, dia 20, partidos do chamado "Centrão" chegaram a obstruir uma sessão da Câmara dos Deputados, com o intuito de chamar a atenção do Palácio do Planalto sobre a questão. Os parlamentares da região ressaltaram que, apesar de o Estado ser o principal a receber venezuelanos, Roraima recebeu menos recursos que outros Estados pela acolhida imigrantes da Venezuela.

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), foi que negociou com os deputados. Ela conversou com o líder do PRB, deputado Jhonatan de Jesus (RR), que articulou a obstrução de partidos do centro, e garantiu que o Planalto dará uma atenção especial ao tema.

PUBLICIDADE

“A nossa obstrução não é contra o Governo. A nossa obstrução não é apenas para querer prejudicar a pauta do Governo. O que nós queremos é um posicionamento; o que vai fazer com a fronteira. Na última quarta-feira, 14, foram 1.200 pessoas que entraram num único dia e eles entram como refugiados. Nós não estamos aqui sendo xenofóbicos, nós estamos aqui pedindo o apoio do nosso presidente Jair Bolsonaro”, destacou o parlamentar.

*INFORMAÇÕES: Valor Econômico e Assessoria Parlamentar.

***
Gostou?
7
4
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!