Governo inclui mais 253 servidores do Ex-Território no quadro da União - Folha de Boa Vista
VEJA A LISTA
Governo inclui mais 253 servidores do Ex-Território no quadro da União
É a maior lista divulgada desde o início do processo de enquadramento
Por Lucas Luckezie
Em 13/05/2022 às 09:15
Sede do Ministério da Economia (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O governo federal publicou, nesta sexta-feira (13), no Diário Oficial da União, uma portaria que inclui 253 servidores do Ex-Território Federal de Roraima no quadro de funcionários da União. É a maior lista divulgada desde o início do processo de enquadramento.

“Os efeitos financeiros serão devidos a partir da entrada em exercício do empregado, nos termos do parágrafo único do artigo 22 do Decreto 9.324, de 2 de abril de 2018”, diz a portaria.

A portaria foi comemorada nas redes sociais pela bancada federal de Roraima. “Uma conquista histórica para nós!”, disse o senador Mecias de Jesus (Republicanos).

Para o senador Telmário Mota (Pros), “essa é uma grande e justa conquista, fruto de um trabalho conjunto e persistente da bancada e da União”.

“Depois de muito trabalho, conseguimos garantir os direitos dos servidores que aguardavam o enquadramento. Agora terão um salário justo e certo”, destacou o deputado Hiran Gonçalves (Progressistas).

O deputado licenciado Haroldo Cathedral (PSD) disse que a portaria “é o resultado do trabalho conjunto de toda atual bancada federal, assim como das anteriores que deram início a esse esforço em prol dos trabalhadores roraimenses.”

Por sua vez, Jhonatan de Jesus disse, em um vídeo, que a luta dos parlamentares “não terminou”. “Vamos ganhar a batalha dos comissionados e derrubar a exigência das escolaridade”, disse, parabenizando os servidores e agradecendo ao Ministério da Economia e ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
7
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Martins Silva disse: Em 14/05/2022 às 19:18:53

"Isso é uma vergonha!"