PUBLICIDADE
EM RORAIMA
Governo muda decreto de vôos internacionais  
Por Ribamar Rocha
Em 22/05/2019 às 01:03

A população de Roraima poderá ter voos internacionais ainda este ano. O governador Antonio Denarium assinou decreto na tarde de ontem alterando decreto anterior, de 5 de março de 2018, que beneficiava apenas empresas que queriam explorar o voo direto para os Estados Unidos, pelo menos uma vez por semana. 

O decreto atual, que a Folha teve acesso e ainda será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), altera essa prioridade de ser apenas para os Estados Unidos e abre o leque para países fronteiriços, como a Guiana, a Venezuela ou outro país. 

“Um dos anseios da população de Roraima é termos voos internacionais e de deixarmos a dependência de ter que irmos a Manaus para isso ou de Lethen, na Guiana. Agora abrimos a oportunidade de empresas se instalarem aqui com voos internacionais pelo menos uma vez por semana”, afirmou. “Inclusive já conversamos com as empresas Gol, Azul e Latam informando sobre essa alteração, para que todos possam ser beneficiados. E as empresas interessadas já podem procurar o governo”, afirmou.  

PUBLICIDADE

Denarium informou o decreto não muda o benefício de pagar apenas 3% de alíquota de ICMS sobre o combustível de avião. 

“Hoje não temos nenhum voo regular saindo ou fazendo escala de Boa Vista para nenhum lugar do mundo, e por isso fiz essa alteração no texto do decreto para atrair interesse de outras empresas, e inclusive já temos interesse de uma empresa da Guina e outra do Suriname em se instalar em Roraima”, disse.   
Com a mudança, o governador acredita em fomentar o turismo no Estado, gerando emprego e renda.  

“Quando a empresa parar em Roraima, estaremos estimulando o turismo no Estado, porque pode passar dois três dias conhecendo nosso potencial turístico do Tepequem, Monte Roraima, passeio no Rio Branco, passeio ecológico em áreas indígenas e pesca esportiva e utilizando taxi, hotel, restaurantes e fazendo consumo”, disse. (R.R)    

***
Gostou?
10
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!