PF apreende R$ 85 mil, arma e possível pepita de ouro em operação - Folha de Boa Vista
DESVID-19
PF apreende R$ 85 mil, arma e possível pepita de ouro em operação
Itens foram encontrados na casa do senador Chico Rodrigues (DEM), durante operação que investiga possível desvio de recursos da saúde
Por Folha Web
Em 23/10/2020 às 09:00
Operação Desvid teve como alvo residências, escritório e uma empresa (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

O prosseguimento da operação Desvid-19 apontou que foram encontrados quase R$ 90 mil reais em dinheiro, uma arma de fogo, munições e uma pedra suspeita de ser uma pepita de ouro na residência do senador Chico Rodrigues.

As informações foram possíveis de serem detalhadas com a retirada do sigilo da decisão que autorizou a operação, que investiga suposto desvio de recursos públicos da saúde, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso. 

Os detalhes constam no relatório da Polícia Federal sobre o cumprimento dos mandados de busca e apreensão na casa do parlamentar, do escritório do senador, do empresário Jean Frank Padilha Lobato; da empresa Quantum Empreendimentos em Saúde LTDA; do sócio da empresa Roger Henrique Pimentel; do vereador Rômulo Amorim e da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

Somente na casa de Rodrigues foram contabilizados R$ 10 mil encontrados em um cofre no quarto do senador; $ 6 mil dólares (R$ 33,5 mil reais) no cofre do quarto do senador; uma pedra supostamente caracterizada como pepita de ouro, encontrada no cofre do quarto do senador; uma arma de fogo (revólver calibre 38 encontrado no quarto do senador, com mais seis munições calibre 38 e duas caixas de munições de espingardas de calibre 20 e 36, com 25 munições cada).

Sobre a possível pepita de ouro, os agentes apontam que a pedra foi encontrada dentro do cofre do quarto do parlamentar. "Tendo em vista que o estado de Roraima possui um número elevado de garimpos ilegais de ouro e que o material encontrado possui um brilho dourado, é possível que este material se trate de uma pedra com vestígios de ouro, o que, por si só, já estaria configurado crime de usurpação de bem da União", sugerindo, portanto, a apreensão do item.

Na realização de uma busca pessoal no senador também foi encontrado R$ 15 mil localizado nas vestes íntimas do parlamentar. O documento relata que indagado novamente se havia mais alguma quantia de valores em espécie, o senador sacou outros maços de dinheiro que totalizaram a quantia de R$ 17,9 mil. Em nova busca pessoal, a equipe policial encontrou a quantia de R$ 250 reais. 

Mais R$ 2,8 mil foram encontrados na carteira do senador; mais R$ 5 mil dentro de um colete no armário do senador; R$ 3,2 mil encontrados na carteira do carro do filho do parlamentar; e mais R$ 2,1 mil encontrados no quarto do filho do senador; documentos, uma pequena quantia de moeda estrangeira dentro de uma mala; quatro celulares e um cartão de memória.

A Polícia Federal sugeriu a tentativa de rastreio do caminho das notas de R$ 200  encontradas junto ao parlamentar, do Banco Central até a posse do senador, haja vista a sua pouca circulação do mercado. Nos demais lugares foram apreendidos principalmente documentos, aparelhos celulares, computadores e cópias de processos.

Trecho do relatório da PF (Foto: Reprodução)

OUTRO LADO - A Folha entrou em contato com a assessoria de comunicação e jurídica do parlamentar e aguarda retorno.

Leia mais:

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
25
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Rildo Lopes disse: Em 23/10/2020 às 16:57:32

"Se o dinheiro estava onde estava....Onde estaria essa pepita? "