PUBLICIDADE
VISITA
Presidente do STF chega a Roraima no dia 22 de julho
Ministro Dias Toffoli vem ao estado cumprir agenda institucional para atender membros do judiciário, legislativo, executivo e Forças Armadas
Por Paola Carvalho
Em 17/07/2019 às 00:26
Previsão é que ministro permaneça em Roraima por dois dias, onde inclusive fará visita a Pacaraima, para verificar in loco a migração (Fotos: Divulgação Agência Brasil)

Roraima recebe, na próxima semana, a visita do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli. A data prevista da chegada do representante da Suprema Corte a Roraima é na segunda-feira, 22 de julho, com permanência até a quarta-feira, 24.

A vinda do magistrado ao Estado é em razão de uma agenda institucional para atender membros do judiciário, legislativo, executivo e das Forças Armadas, além de verificar in loco a situação do fluxo migratório venezuelano em Roraima.

Nos dois dias está previsto que o ministro realize visitas ao Tribunal de Justiça, Justiça Federal, Justiça do Trabalho e Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e vá até o município de Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, para ter uma visão pessoal do fluxo migratório que atinge Roraima. 

PUBLICIDADE

Além disso, está previsto que o ministro se reúna também com o Governador do Estado e as prefeituras de alguns municípios afetados pela migração. Um jantar em sua homenagem também está sendo organizado pelas associações de magistrados sediadas no Estado.

À Folha, o governador Antonio Denarium (PSL) confirmou a agenda com o ministro. A expectativa de Denarium é que o ministro seja um interlocutor das demandas do Estado ao Governo Federal.

“Vamos receber o ministro Toffoli e ele receberá todos os dados das nossas ações. Ele terá uma reunião com o Exército Brasileiro para ter uma análise dos números da Operação Acolhida, além de discutir com a Prefeitura e com o Tribunal de Justiça, ou seja, é uma forma de levantar todas as demandas. Vai ser um momento muito importante porque ele pode ser um interlocutor do Governo de Roraima para o Governo Federal”, completou.

A Folha também entrou em contato com a Prefeitura de Boa Vista (PMBV) para saber se a gestão municipal tinha determinado ações voltadas para a visita do ministro ao Estado, porém foi informada que “até o momento não há nenhuma programação oficial”.

AGENDA – Vale lembrar que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu não mais divulgar com antecedência todos os compromissos na agenda do presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, portanto a visita do ministro ainda não foi confirmada oficialmente pelo órgão. 

O motivo da medida, segundo informado pela Assessoria de Comunicação do STF, seriam os riscos relacionados à segurança. (P.C.)

***
Gostou?
0
5
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!