Retratação de Bolsonaro não enfraquece popularidade, diz deputado federal - Folha de Boa Vista
CENÁRIO POLÍTICO
Retratação de Bolsonaro não enfraquece popularidade, diz deputado federal
Para Hiran Gonçalves, Bolsonaro saiu fortalecido politicamente após os episódios da última semana, incluindo a retratação sobre declarações envolvendo o STF
Por Folha Web
Em 13/09/2021 às 06:00
“Manifestações fortaleceram o presidente”, disse o deputado federal Hiran Gonçalves (Foto:Arquivo Folha)

Na avaliação do deputado federal Hiran Gonçalves (PP), os episódios da última semana – sobretudo a retratação do presidente após críticas a ministros e ao Supremo Tribunal Federal (STF) durante atos no Dia da Independência – não afetaram negativamente a imagem da autoridade máxima da política brasileira.

A ponderação do deputado, que é apoiador do presidente, foi dada durante entrevista ao programa Agenda da Semana, da Rádio Folha FM 100.3, apresentado pelo economista Getúlio Cruz. 

Ele avaliou que, pelo contrário, as manifestações fortaleceram o presidente. O deputado federal destacou que o presidente tem sido vítima de uma campanha negativa conduzida por grandes veículos de comunicação e atribuiu a tensão entre os Poderes, em partes, ao fato de o presidente “não se curvar à grande imprensa”. “Todo mundo só manda notícia ruim todos os dias, passando a sensação de que as coisas estão piores do que estão”, opinou. 

No entendimento de Gonçalves, em Brasília, o discurso do presidente foi moderado e não continha falas que afrontasse os Poderes. “O que foi dito é que cada Poder ficasse restrito às suas atribuições constitucionais”, destacou.

Relembre o discurso de Bolsonaro em Brasília


O parlamentar reconheceu, no entanto, que em São Paulo, o discurso do chefe do Executivo foi mais acalorado, e que diante de tantos apoiadores, Bolsonaro foi afetado por uma espécie de “catarse psicológica” que fez com que pode ter feito com que ele se excedesse. 

Confira trecho do discurso do presidente Jair Bolsonaro em São Paulo

Sobre a retratação feita pelo presidente, no documento que chamado de “Declaração à Nação”, Hiran Gonçalves disse que não se tratou de um ato de covardia, mas sim, de grandeza. Ele prospectou que daqui em diante, a relação entre os Poderes deve se estabilizar. “Todos estamos preocupados com o mais importante, que é melhorar a inflação, emprego, acesso a emprego e renda, vida digna para a população”, concluiu.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
10
31
Cadastrar-me Enviar Comentário
Martins Silva disse: Em 20/09/2021 às 09:15:10

"Retratar é um ato de humanidade, todos erramos e se reconhecemos o erro e nos corrigimos é um ato nobre de pessoas humanas. Tá certo o doutor Iran!"