Sampaio nega pedido de Jalser para substituir Catarina em comissão - Folha de Boa Vista
NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Sampaio nega pedido de Jalser para substituir Catarina em comissão
Presidente da Assembleia argumentou que cargos da Comissão de Ética precisam de estabilidade e baseou decisão no processo legislativo da Câmara Federal. Catarina Guerra é vice-presidente da comissão
Por Folha Web
Em 24/11/2021 às 08:30
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Soldado Sampaio, na sessão dessa terça (Foto: Reprodução/TV ALE-RR)

O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Soldado Sampaio (PCdoB), negou o pedido de Jalser Renier (Solidariedade) para substituir Catarina Guerra (Solidariedade) por Yonny Pedroso (Solidariedade) no cargo de vice-presidente da Comissão de Ética da Casa.

Na sessão dessa terça-feira (23), Sampaio argumentou que, na época da formação das comissões permanentes, Guerra não foi indicada pelo partido que ela compõe, mas pelo líder do Governo e pelo líder de um bloco parlamentar denominado G4, e que eventuais substituições em comissões não podem ser feitas na conveniência do contexto político.

Por fim, o presidente da Assembleia destacou que o processo legislativo da Câmara Federal se estende às assembleias legislativas, com a estabilidade de cargos no âmbito da Comissão de Ética.

"Os deputados da Comissão de Ética são imovíveis, não podem ser remanejados ou retirados, a menos em casos de renúncia, perda de mandato ou falecimento, exatamente para dar a estabilidade necessária que precisa ter a Comissão de Ética", explicou Soldado Sampaio.

Na semana passada, Catarina Guerra protestou contra o pedido de Jalser Renier, a quem acusou de perseguição e discriminação. O deputado se defendeu e ainda acusou os colegas de conspirarem contra ele em seu processo de cassação, por quebra de decoro parlamentar e pela acusação ser o mandante do sequestro e da tortura do jornalista Romano dos Anjos. Na Casa, Jalser responde a três pedidos de perda do mandato.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
17
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Damiao disse: Em 24/11/2021 às 13:13:58

"Porq a Yonny já usou tornozeleira que nem ele. Ai ele achar que ladrão não vai jogar ladrão. Kkkkk"