PUBLICIDADE
EQUIPE DE BOLSONARO
Secretário diz que equipe deve internalizar RR como prioridade
Por Folha Web
Em 26/08/2019 às 01:49
O secretário da Seplan, Marco Jorge de Lima, falou sobre os avanços do governo estadual em meio à crise (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

O secretário de Desenvolvimento e Planejamento de Roraima, (Seplan) Marco Jorge de Lima, falou no programa Agenda da Semana, sobre o Plano Plurianual para o estado e a postura do presidente Jair Bolsonaro, que manifesta interesse em resolver problemas do estado que, de acordo com o secretário, foi o único a receber intervenção federal devido a má gestão do último governo estadual.

Marco Jorge explicou que é necessário que os ministros de Bolsonaro internalizem que, embora existam outras dificuldades no país, Roraima tem sofrido com impactos migratórios, mesmo sendo um estado pequeno, e que a responsabilidade pertence ao governo federal. “Cuidar das Fronteiras é de competência do governo federal e nós precisamos, sim, de atenção prioritária de todas as equipes”, esclareceu. 

PUBLICIDADE

O secretário ressaltou que embora Roraima ainda viva uma crise financeira, há resultados positivos para serem divulgados, como os dados econômicos que apontaram leve crescimento residual. 

“Em quatro meses tivemos saldo positivo para contratações de carteira assinada para o estado de Roraima. Estamos realizando um trabalho com a redução das despesas e sabemos que existem consequências. Precisamos que as secretarias tenham seus custeios dentro das limitações do estado. O governo está procurando em aumentar sua arrecadação e em sete meses houve incremento da ordem de R$ 99 milhões do FPE”, disse.

“Temos um campo vasto de crescimento e queremos que o estado dependa menos da administração pública. Acreditamos na vontade pessoal do presidente de solucionar os problemas estratégicos, mas é importante que todo o governo federal também tenha essa vontade.”

Avanço da Fruticultura – Conforme dito pelo Secretário da Seplan, o governo tem realizado trabalho de estímulo à agricultura familiar na área da fruticultura. 

“Em 2018 contratamos um estudo da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, um estudo para estruturação de arranjo produtivo local da fruticultura do estado. Temos uma visão que consolida o agronegócio empresarial para oportunidades como a produção e comercialização do dendê, que poderá gerar renda a muitos agricultores.”

Linhão do Tucuruí – Marco Jorge também falou sobre as previsões para o início da construção do linhão do Tucuruí. “Nós insistimos na questão do leilão para sermos independentes na produção de energia. Temos a visão da importância do linhão, mas também temos a visão de produtor. Embora ocorra boa vontade do presidente, ainda não conseguiu destravar para que de fato as obras comecem, por isso reforçamos a importância do leilão.” 

Eleições 2020 – Marco Jorge falou sobre a previsão de o partido PRB lançar seu nome como possível candidato à prefeitura de Boa Vista. De acordo com o secretário, não foram discutidas possibilidades, mas um dos nomes favoritos é o de Jhonatan de Jesus.

“O nome cotado para a disputa do pleito 2020 é do Jhonatan de Jesus, mas a ideia ainda está sendo amadurecida durante sua carreira política. Em questões pessoais, não cogitei a possibilidade de lançar meu nome, mas, como partido, é certo que já temos um pré-candidato”, concluiu.

***
Gostou?
0
10
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!