TRE define nova data para julgar pedido de cassação de Denarium - Folha de Boa Vista
TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL
TRE define nova data para julgar pedido de cassação de Denarium
Julgamento estava previsto para ocorrer ainda este mês, mas foi adiado pela Justiça Eleitoral
Por Paola Carvalho
Em 25/06/2020 às 17:28
Governador Antonio Denarium e vice Frutuoso Lins (Foto: Arquivo FolhaBV)

O Tribunal Regional Eleitoral em Roraima (TRE-RR) marcou uma nova data para o julgamento das representações contra o governador Antonio Denarium (sem partido) e do vice-governador Frutuoso Lins (SD) por suposto ato de abuso de poder público durante as eleições 2018. A ação será analisada na próxima quarta-feira, no dia 01 de julho.

Na ocasião, será analisada o processo nº 0600001-24.2019.6.23.0000 por suposto ato de captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral. A relatora é a juíza Graciete Sotto Mayor. Também na sessão será analisada a ação de impugnação de mandato eletivo referente ao processo nº 0600003-91.2019.6.23.0000 também contra o governador e vice. O relator é o juiz Alexandre Magno.

A sessão será realizada na modalidade por videoconferência a partir das 15h e pode ser acompanhada pela página do Youtube do TRE Roraima.

NOVA DATA - O julgamento da representação estava previsto para ocorrer no dia 15 de junho, porém, a sessão foi adiada considerando que as advogadas Maria Dizanete de Souza Matias e Paula Camila de Oliveira Pinto testaram positivo para Covid. As profissionais representam o PSDB e Democratas, partidos que moveram a ação. (P.C.)

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
8
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Rildo Lopes disse: Em 26/06/2020 às 10:21:19

"Se o resultado for favorável a saída dos dois, o presidente da assembleia assumirá? Aff, quem falou que a situação do Estado não pode piorar..."

Roraima disse: Em 30/06/2020 às 10:32:48

"Só que o presidente da assembléia como governador interino terá 90 dias para realizar novas eleições."