PUBLICIDADE
AGRICULTURA
Telmário anuncia vinda de técnicos do MAPA após visita à ministra
O senador requer a implantação de um laboratório para diagnóstico de mormo, anemia infecciosa equina e brucelose
Por Paola Carvalho
Em 22/08/2019 às 01:00
Garantia da vinda de técnicos foi firmada após encontro do senador com a ministra titular do Mapa, Tereza Cristina (Fotos: Ascom Telmário)

Para garantir a saúde dos animais em Roraima, o senador Telmário Mota (PROS-RR) esteve em audiência com a ministra do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina, para solicitar a ida de uma comissão de técnicos da instituição, a fim de tratar da implantação de um laboratório para diagnóstico de mormo, da anemia infecciosa equina e da brucelose.

As três doenças acometem os cavalos, causando febre e dor nas articulações. Segundo o senador, o diagnóstico precoce da doença seria importante para impedir o adoecimento dos animais, especialmente aqueles que participam das atividades do homem do campo e das corridas de cavalo.

“Todos os eventos de corrida de cavalo estão sendo extintos por conta desse exame de anemia. O exame tem a durabilidade de 60 dias e é feito fora do Estado. Então, as pessoas de baixa renda não têm condições de manter esses animais com as vacinas em dia. A nossa proposição é que a ministra designe uma comissão técnica in loco para que se possa instalar um laboratório privado ou público, para amenizar a questão dos exames”, afirma Telmário.

PUBLICIDADE

Conforme o parlamentar, a necessidade de uma visita a Roraima é para que os técnicos possam verificar se a infraestrutura e os equipamentos são os adequados. “Hoje, o nosso Estado soma um prejuízo incalculável no setor. Nós lutamos a favor do homem do campo e da volta do protagonismo de Roraima no agronegócio”, justificou o senador.

MOSCA DA CARAMBOLA – Na oportunidade, o senador Telmário também agradeceu a liberação imediata, através do Ministério, de R$ 1 milhão para o combate da Mosca da Carambola.

“Estamos hoje impossibilitados de exportar frutas, então eu agradeço a resposta da ministra ao nosso pedido, liberando esse R$ 1 milhão, que ainda não é suficiente, mas que já ajuda muito. Nós precisamos de um total de R$ 4,8 milhões, e eu me comprometo para que, juntamente com o Mapa, busquemos esse recurso”, disse Telmário.

A ministra agradeceu o empenho do senador em ajudar a solucionar os muitos problemas de Roraima. “Nós temos a sensibilidade para esse assunto tão importante que é sanidade no agronegócio do seu estado. Quanto à implantação do laboratório, ainda neste mês, ou no início de setembro, vamos resolver esse problema e enviar nossos técnicos para Roraima”, adiantou Tereza Cristina.

***
Gostou?
3
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!