Vereador propõe desobrigação do uso de máscara - Folha de Boa Vista
EM BOA VISTA
Vereador propõe desobrigação do uso de máscara
Como justificativa, o projeto aponta o avanço da vacinação, a diminuição nas taxas de infecção e internados.
Por Folha Web
Em 22/11/2021 às 08:00
Pelo projeto, o uso de máscara facial em ambientes abertos e fechados, públicos e privados, já não deve ser obrigatório no período de pandemia (Foto: Arquivo FolhaBV)

O vereador de Boa Vista Dr. Ilderson (PTB) protocolou um projeto de lei que desobriga e flexibiliza o uso de máscara na capital. Como justificativa, o projeto aponta o avanço da vacinação, a diminuição nas taxas de infecção e internados.

Pelo projeto, o uso de máscara facial em ambientes abertos e fechados, públicos e privados, já não deve ser obrigatório no período de pandemia, já que a capital tem uma média de 80% de toda população vacinada com a primeira dose do imunizante e mais de 50% de toda população vacinada com a segunda dose.

“A flexibilização é o caminho natural quando se tem um bom índice de pessoas imunizadas e as diminuições de taxas de internações, casos graves, mortes e contaminação. A pandemia perdura e o vírus não tem data de validade, mas já estamos em posição mais confortável na capital com relação ao estado. Mesmo sendo médico e tendo uma percepção da melhora, a base para essa proposta são os dados oficiais divulgados pelo Ministério da Saúde, estado e município”, explicou Ilderson.

O vereador afirma ainda que o projeto leva em consideração, que muitas pessoas utilizam máscaras artesanais, que muitas vezes não obtém qualquer eficácia na proteção, além disso, em alguns casos na maioria dos estabelecimentos se exige o uso da máscara no momento em que se adentra no recinto, mas durante a permanência de pessoas no ambiente é autorizado a retirá-la para ingestão de bebidas e de alimentos.

Projeto foi apresentado pelo vereador Dr. Ilderson

"Outro exemplo é no caso da prática de atividades físicas, em que o uso de máscara atrapalha o funcionamento correto do sistema respiratório que é essencial para a nossa corrente sanguínea, já que absorvemos oxigênio e estamos há quase dois anos respirando desproporcionalmente o gás carbônico", acrescentou.

Segundo o projeto, em outros estados e municípios brasileiros, bem como cidades espalhadas pelo mundo, em que se adotou a medida de flexibilização, os índices estavam até menores que os de Boa Vista e não sofreram alterações significativas.

“O que se busca é aumentar a qualidade de vida da população que já sofreu com muitas limitações durante a pandemia, mas é importante ressaltar que o distanciamento social bem como as questões de higienização, principalmente das mãos, continue. É importante destacar que as demais medidas de prevenção devem permanecer, e o uso da máscara deve ser obrigatório para pessoas com baixa imunidade, que apresentem sintomas ou estejam diagnosticadas com coronavírus", finalizou.

O projeto também garante que todas as restrições do uso de máscara devam voltar caso haja aumento nos índices de referência e estagnação da vacinação na capital.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
13
72
Cadastrar-me Enviar Comentário
Rildo Lopes disse: Em 22/11/2021 às 08:20:09

"Avanço não significa encerramento da pandemia. Mas fazer o que? Esses são nossos representantes. "