INCÊNDIO
Paciente incendeia Ala de Psiquiatria do HGR
Com medo que o incêndio se propagasse, funcionários transferiram pacientes graves e idosos para áreas mais seguras
Por Folha Web
Em 18/12/2017 às 00:40
O incêndio (foto) foi provocado por uma paciente da Ala da Psiquiatria (Foto: Diane Sampaio)

O incêndio aconteceu porque uma paciente ateou fogo em um colchão e as chamas atingiram o ar-condicionado do quarto e parte do forro no Bloco C, na Ala Psiquiátrica do Hospital Geral de Roraima. Uma interna fugiu da unidade.

Uma servidora da unidade que não quis ser identificada relatou o momento de crise à equipe da Folha. “Foi muito rápido, o fogo começou no colchão e quando a gente viu já tinha tomado conta, deixando tudo destruído. A fumaça invadiu o corredor de acesso e foi aquela gritaria e confusão", falou uma das servidoras da unidade.

Ainda de acordo com a servidora, na entrada do pronto-socorro houve grande confusão. Bombeiros, médicos e enfermeiros corriam para retirar os pacientes, com receio que o fogo atingisse outras alas. A prioridade eram pacientes em estado mais grave e idosos. A maior dificuldade foi combater a fumaça que se espalhou pelo hospital. “Parecia cena de cinema, mas era real. O receio era que acontecesse uma tragédia”, concluiu a servidora.

Os bombeiros controlaram o fogo rapidamente e desligaram o disjuntor de energia do bloco para evitar algum curto circuito na parte elétrica. Todo o bloco ficou às escuras, até o corpo de bombeiros isolar o local e restabelecer a energia.

GOVERNO – Em nota, a assessoria do governo do estado esclareceu que durante o ocorrido, pacientes foram remanejados para outro setor e ninguém se feriu. “Na correria, os servidores também desligaram o quadro de energia do bloco e com a chegada dos bombeiros, funcionários e pacientes receberam orientações de como proceder após o ocorrido”.

A nota salienta que os pacientes já estão de volta aos seus leitos, tendo sido interditada apenas a enfermaria onde aconteceu o incêndio. “A interdição permanecerá até que os danos sejam avaliados e reparados nos próximos dias”.

A Sesau destacou que uma paciente se ausentou do hospital, mas foi encontrada na frente da unidade e reconduzida ao leito. “Na manhã dessa segunda-feira (18), a direção do HGR encaminhará relatório sobre o ocorrido ao Setor Jurídico da secretaria, solicitando orientações sobre como proceder com o paciente que causou o incêndio”, finalizou a nota. (E.S)

***
Gostou?
9
7
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!