PUBLICIDADE
COMPRAS DE NATAL
Pagamento de servidores agita comércio roraimense
Por Pedro Barbosa
Em 24/12/2018 às 00:10
Nas lojas do centro comercial da Jaime Brasil, o movimento foi frenético neste fim de semana (Foto: Diane Sampaio/Folha BV)

O pagamento dos servidores públicos estaduais demonstrou impacto positivo no comércio neste último fim de semana antes do Natal. O movimento nos centros comerciais foi frenético, com muitas das lojas abertas até mais tarde e funcionando normalmente, inclusive, no domingo, 23.

Apesar disso, clientes ainda parecem atentos em relação aos gastos, uma vez que parte do pagamento foi destinada para sanar contas atrasadas. A professora Vera Lúcia conta que visa economizar não apenas com a finalidade de guardar dinheiro para pagar contas, mas também pensando no ano que vem, o qual contará com trocas de gestão na esfera estadual, com o fim da intervenção, e ainda na federal.

“O futuro é imprevisível, e por isso é bom se prevenir. Neste ano eu venho investindo muito em amigo secreto, pois além de ser mais barato, é uma ocasião que beneficia todos de forma igualitária. Venho realizando compras de Natal aos poucos também, pois comprando com mais calma dá para analisar melhor o que levar”, contou.

A vendedora em loja de vestuários Ana Paula Silva explicou que sentiu essa necessidade dos clientes em buscar produtos mais em conta. Por isso, o comércio em que ela trabalha acabou investindo em looks simples, criativos, e com preços destacados logo na vitrine.

“Já vínhamos uma movimentação iniciando no andar dessa última semana, mas neste fim de semana está no ápice, vendendo bem mais que no ano passado. Nós percebemos que os clientes vêm tentando economizar nas compras, então sempre buscamos oferecer preços populares com estampas atraentes, e está funcionando muito bem”, contou.

A gerente de uma loja de eletrônicos, Dulce Gomes, comentou que para aproveitar o fluxo frenético de clientes, a melhor solução foi investir em coisas menos óbvias. Ela contou que apesar do produto mais vendido da loja ser os celulares, são as caixas de som de diversos tamanhos e modelos que decoram a entrada do comércio.

“Com a saída do pagamento dos servidores públicos, as vendas foram aumentando significativamente. Nosso principal produto aqui são os celulares, mas sempre oferecemos capinha, película, uma caixa de som, para irem juntos, e percebemos que com o pagamento, os clientes estão cada vez mais aderindo a levar algo junto com os telefones para presentear”, comentou.

***
Gostou?
1
1
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!