Preço do gás de cozinha sofrerá reajuste a partir desta quinta-feira - Folha de Boa Vista
MAIS ARROCHO
Preço do gás de cozinha sofrerá reajuste a partir desta quinta-feira
Petrobras estima que o reajuste deve ser de 2,5% por botijão, o que pode representar R$ 1,25 no preço final ao consumidor
Por Folha Web
Em 08/06/2017 às 01:25
Nova política de preço do gás de cozinha prevê reajustes mensais a cada dia 05 (Foto: Wenderson de Jesus)

A Petrobras aprovou ontem, 07, uma nova política de preços para a comercialização para as distribuidoras do Gás Liquefeito de Petróleo, o popular gás de cozinha, com o primeiro reajuste previsto para esta quinta-feira, 08. Isso implicará em um aumento médio nas refinarias de 6,7% no produto este mês.

Uma das principais distribuidoras do produto em Roraima, com sede no Amazonas, informou que até o momento ainda não definiu qual será o aumento de preços para os seus distribuidores finais. A Petrobras estima que o reajuste deve ficar em 2,5% por botijão, cerca de R$ 1,25.

Atualmente, o gás de cozinha de 13 kg custa, em Boa Vista, de R$ 68,00 a R$ 73,00, dependendo do estabelecimento comercial. Esse valor vai sofrer constantes alterações, já que, nos próximos meses, os reajustes sucessivos estão previstos para o dia 5 de cada mês. O último reajuste ocorreu no dia 21 de março. A nova política de preços não se aplica ao gás de uso industrial e comercial, de acordo com a estatal.

O preço final ao consumidor pode ou não refletir o ajuste feito nas refinarias. "Isso dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e revendedores, uma vez que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados", afirmou a Petrobras, em publicação no seu site.

DISTRIBUIDORAS - A mais antiga distribuidora, que atua em Roraima desde 1983, tem uma média mensal de consumo dos consumidores em torno de mil toneladas. Mesmo com o novo reajuste passando a valer a partir de hoje, a empresa afirmou que não definiu qual será o aumento no valor e que vai se manifestar posteriormente.

A Folha tentou contato com a outra distribuidora do gás de cozinha em Roraima, também oriunda do Amazonas, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria, às 18h30.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
1
7
Cadastrar-me Enviar Comentário
falei disse: Em 08/06/2017 às 12:38:57

"Roubaram, saquearam a Petrobras e o povo tem pagar pela falência da Empresa.Uns poucos fazem o que quer com o dinheiro público e a maioria tem que pagar a conta do fracasso. Juga-se os culpados, más não devolvem o que roubaram. Brasil, país de mil encantos que se torno o país de desencanto, fanfarrões, de culpados que não são processados. Acorda Brasil! Falei e disse."