I AM FUNK
Racismo e machismo são combatidos em espetáculo de dança
O grupo ArtBitches, da Universidade Federal Do Rio de Janeiro (UFRJ) apresenta o espetáculo ‘I am Funk’ na próxima quarta-feira (17)
Por Raisa Carvalho
Em 10/10/2018 às 08:53
A luta contra o preconceito, a homofobia e o machismo são referências do espetáculo de dança (Foto: Wenderson Cabral/Folha BV)

A luta contra o preconceito, a homofobia e o machismo são referências do espetáculo de dança ‘I am funk’ realizado pelo grupo de bailarinos ArtBitches, da Universidade Federal Do Rio de Janeiro (UFRJ) que ocorre no próximo dia 17 no teatro CAF, da Universidade Federal de Roraima a partir das 19 horas. Com entrada Franca.

De acordo com o bailarino clássico, Lucas Souza, o espetáculo conta a história do funk e de como o estilo se estigmatizou a erotização do corpo negro. Para criar a obra, o grupo realizou uma vivência dentro de favelas cariocas.

“A obra explora a cultura do funk brasileiro, e queremos trazer uma reflexão sobre como esse estilo é emergente, e por isso vamos dar a nossa visão que vive essa realidade todos os dias” disse.

Segundo Lucas, o grupo surgiu de um projeto social que atuava na baixada fluminense no Rio de Janeiro. “Dentro desse grupo, surgiu a necessidade de criar um grupo especializado em danças urbanas no estilo Femme, que é uma modalidade de dança mais feminina e sensual. Além da dança, a ideia é capacitar esses bailarinos, para inserir eles no mercado de trabalho, já que muitas vezes esses dançarinos são marginalizados devido ao preconceito e a homofobia”, disse.

Para o organizador do evento, Francisco Eduardo, o papel do espetáculo é levantar a bandeira de combate as opressões. “O grupo Artbitches, dentro do trabalho das expressões artísticas querem passar uma mensagem de empoderamento para as minorias sociais, entre elas, o movimento Negro, LGBTQ, feminista e tantos outros que são silenciadas”, ressaltou.

OFICINAS - O grupo realiza também oficinas de danças gratuitas para iniciantes desde ontem, 9 e segue até o dia 11 de outubro, entre às 14h e 18h, na academia da Universidade Federal de Roraima (UFRR). As inscrições podem ser feitas na hora e de forma gratuita ou pelo telefone 99167-5015.

Os estilos apresentados pelo grupo serão Twerk, Heels, Stiletto, Vogue e Hip Hop. A oficina de dança também contará com um espaço para debates.

SERVIÇO
Espetáculo de Dança – Artbitches
Data: 17 de outubro
Local: Teatro Caf – UFRR
Hora: 19 horas
Entrada Franca

***
Gostou?
10
12
Manuel disse: Em 10/10/2018 às 12:08:30

"Falta do que fazer... E o nosso Rio Branco precisando de uma faxina."

Jesus está voltando! disse: Em 10/10/2018 às 10:59:24

"Gostaria de avisar que nós evangélicos, não temos nada contra a opção sexual de cada um, desde que seja respeitada a inocência de nossas crianças! Tem muitos homossexuais que são contra essa ideologia de gêneros que estão querendo implantar nas escolas. "