Reajuste no preço do combustível poderá ser diário, segundo Petrobras - Folha de Boa Vista
GASOLINA E DIESEL
Reajuste no preço do combustível poderá ser diário, segundo Petrobras
Em Boa Vista, condutor pode encontrar gasolina sendo vendida a R$ 3,49, se valor for pago em espécie
Por Folha Web
Em 04/07/2017 às 00:39
Postos de combustível oferecem valores diferenciados para quem paga em dinheiro ou no cartão (Foto: Rodrigo Otávio)

A Petrobras anunciou, mais uma vez, mudanças na política de reajuste dos preços da gasolina e do diesel na última semana. Esses reajustes de preços nas refinarias poderão ocorrer em curto espaço de tempo, inclusive podendo sofrer alterações diárias. O último reajuste anunciado pela Petrobras, ainda na vigência da antiga política, foi anunciado no dia 14 de junho, em que o valor do diesel subiu 5,8% e da gasolina 2,3%.

Segundo a Agência Nacional de Petróleo (ANP), no último reajuste, o valor por litro da gasolina foi de R$ 3,54 para R$ 3,51, sendo o menor valor desde outubro de 2015. A Petrobras anunciou ainda que os reajustes futuros no preço dos combustíveis passarão a ser divulgados pela internet, no site da companhia (www.petrobras.com.br/precosdistribuidoras) e nos canais de comunicação aos clientes.

Segundo o presidente do Sindicato dos Donos de Postos de Gasolina de Boa Vista, José Neto, essas alterações de preços só chegam aos postos se as distribuidoras também diminuírem os valores. “Apesar de os reajustes de preços que são anunciados frequentemente pela Petrobras, tanto da gasolina quanto do diesel, dependemos das empresas distribuidoras de combustíveis aderirem ou não aos reajustes. Quando não há reajuste nas distribuidoras, os preços se mantêm inalterados, mesmo com o aumento ou diminuição dos valores nas refinarias da Petrobras”, explicou.

No entanto, alguns postos de combustível da capital começaram a oferecer uma condição diferenciada, com diferença no preço de acordo com a forma de pagamento. Por exemplo, o preço da gasolina chega a ser oferecido por R$ 3,49 se pago em dinheiro e a R$ 3,70 se for pago no cartão de débito ou crédito.

O presidente do sindicato afirma que isso ocorreu em virtude a um acordo firmado com o Procon, que possibilitou a variedade nos preços. “Após um acordo feito com o Procon, que antes não permitia a cobrança diferenciada nos valores de acordo com a forma de pagamento, agora alguns postos estão começando a cobrar o valor da taxa de cartão e por isso está ocorrendo essa variação de preço”, frisou.

O comerciante José Altair de Sousa disse que essas condições mais flexíveis no preço da gasolina é uma vantagem ao consumidor, uma vez que antes ele não sentia que o reajuste no valor de combustível chegava a Boa Vista. “Os reajustes nos preços de gasolina quase nunca chegavam aqui. Apenas na região Sul/Sudeste. Com essa alternativa de pagamento em dinheiro, com um valor menor, o consumidor sente menos no bolso e tem opções para escolher uma melhor forma de pagar. Já encontrei gasolina no valor de R$ 3,35 com pagamento em dinheiro”, citou. (G.M)

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
1
6
Cadastrar-me Enviar Comentário
Castro disse: Em 04/07/2017 às 11:48:05

"Isso é um absurdo o povo pagando a conta desse roubo exorbitante desses políticos corruptos povo gado povo marca povo feliz que vida sem luta não tem vitória"