PUBLICIDADE
SAÚDE PÚBLICA
Recursos para TFD não foram liberados, denunciam pacientes
Por Ana Paula Lima
Em 19/01/2019 às 08:26
Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). (Foto: Arquivo FolhaBV)

Pacientes que utilizam o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) estão sem receber a ajuda de custo para se manterem fora do Estado. A situação foi denunciada pelo leitor Felipe Santiago à Folha de Boa Vista. No pedido para que os problemas fossem expostos e que a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) os resolvesse, o paciente afirma que a questão é de “urgência”.

Segundo ele, a liberação da verba para este ano não aconteceu até o momento. Ao procurar o núcleo da Sesau para solicitar informações, recebeu a resposta de que nada teria sido definido nem liberado.

“Isso deixa as pessoas que estão fazendo tratamento, digo tratamento e não passeio, fora do Estado sem receber a ajuda de custo de que tanto necessitam para se manterem no local”, justificou.

O leitor completou a denúncia informando que entende as questões financeiras e sociais que o Estado tem enfrentado nos últimos tempos, porém, a população deveria estar em primeiro lugar.

O TFD, instituído pelo Ministério da Saúde desde 1999, é um instrumento que visa garantir, através do Sistema Único de Saúde (SUS), tratamento médico a pacientes com doenças não tratáveis no município de origem por falta de condições técnicas.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), em 2018, foram realizados 1.226 cadastros no Setor de TFD. “Desse total, mais de 751 pacientes viajaram para fazer tratamento em outro Estado. Ao todo, 473 pessoas aguardam que surja uma vaga numa unidade fora de Roraima para que possam viajar e ser tratadas”, informa nota enviada à reportagem.

OUTRO LADO – Ainda em nota, a Sesau informou que o TFD não está suspenso. Os pacientes que tiverem a indicação para tratamento em outro Estado do País podem procurar o setor, pois os cadastros estão sendo realizados normalmente, bem como os deslocamentos, quando há disponibilidade de vagas nas unidades de saúde para onde é feito o encaminhamento.

“É importante ressaltar que todos os contratos, inclusive do TFD, embora não tenham sido suspensos por se tratar de um serviço essencial, estão sendo revistos, e a Sesau está trabalhando para regularizar o pagamento da ajuda de custo para pacientes e acompanhantes o mais breve possível”, completou a nota, sem informar quando será regularizado o problema. (A.P.L)

***
Gostou?
1
1
PUBLICIDADE
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!