Jovem faz rifa em prol de cirurgia no fêmur - Folha de Boa Vista
SOLIDARIEDADE
Jovem faz rifa em prol de cirurgia no fêmur
Nos hospitais particulares a cirurgia custa em média R$ 50 mil
Por Folha Web
Em 19/01/2022 às 14:00
Jovem sofreu uma fratura no início do mês em um acidente de trânsito e aguarda cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (Foto: Arquivo pessoal)

Pâmela Oliveira, de 26 anos, realiza rifa beneficente para pagar uma cirurgia no fêmur. A jovem sofreu uma fratura no início do mês em um acidente de trânsito e aguarda cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ela relatou que o procedimento não foi realizado por falta do aparelho intensificador de imagem na rede pública do estado.  

De acordo com o laudo médico, a fratura é grave e apresenta perda óssea significativa, dessa forma será necessário a utilização de enxerto ósseo sintético de hidroxiapatita. A família, sem condições de arcar com as despesas, decidiu fazer uma rifa beneficente para custear a cirurgia, que custa em torno de R$ 50 mil, em instituição privada. 

"Eles fizeram os primeiros atendimentos médicos e colocaram alguns pinos na minha perna", relata paciente (Foto: Divulgação) 

A paciente tem que seguir internada devido à situação. “Como fui encaminhada direto para o Hospital Geral de Roraima [HGR], eles fizeram os primeiros atendimentos médicos e colocaram alguns pinos na minha perna e logo depois me mandaram para o Hospital Lotty Íris, contudo não tem como eu fazer a cirurgia pelo SUS já que há essa demora pelo aparelho e meu caso é de urgência, se eu não fizer a cirurgia vou ficar com sequelas”, lamentou Pamela. 

Para ajudá-la, basta comprar uma rifa e concorrer a 16 prêmios. Número para contato: 95 98119-7097  (Pâmela Oliveira Pinheiro)

O que o governo diz

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde para entender o motivo na demora da cirurgia da paciente Pâmela.

Em nota, a pasta informou que a Sesau adquiriu um novo equipamento, em regime de comodato, para a continuidade das cirurgias no Hospital Geral de Roraima, e que já está em uso desde ontem. Em paralelo, a Sesau continua mantendo contato contínuo com a empresa responsável pelo serviço de manutenção corretiva no equipamento que apresentou problema e a expectativa é que após a conclusão do serviço o HGR passe a contar com dois equipamentos para atender a demanda.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
1
6
Cadastrar-me Enviar Comentário
Bekem disse: Em 19/01/2022 às 21:23:02

"Vamos ajudar nossa irmã. Será bastante gratificante saber que contribuiremos com a recuperação de Pamela.."