14 crianças passam por cirurgia de ‘Lábio Leporino' durante mutirão - Folha de Boa Vista
SAÚDE
14 crianças passam por cirurgia de ‘Lábio Leporino' durante mutirão
Mutirão ocorre no Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA)
Por Folha Web
Em 12/09/2021 às 09:30
 A parceria teve início em 2019, porém, devido à pandemia da covid-19, os trabalhos foram suspensos (Foto: Divulgação)

Kailane da Silva é mãe do Vítor Arthur, de oito meses e que recebeu alta na manhã deste sábado, 11. Ela afirmou estar aliviada e feliz com o procedimento de cirurgia de lábio leporino do seu filho. “Pra mim é muita alegria saber que meu filho está tendo essa chance. Só eu sei os diversos episódios de preconceito que passei com ele por conta disso. Só tenho a agradecer toda equipe”, disse.

Ele e mais 13 crianças que aguardavam cirurgia do chamado ‘Lábio Leporino’, uma má formação do lábio ou palato (céu da boca), foram atendidas em um mutirão cirúrgico, que acontece desde a última quinta-feira, 09, no Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA). Até então, 10 crianças foram operadas e já receberam alta, visto que o procedimento permite a liberação do paciente em até 24h.

 Jucileide Carvalho, mãe do Enzo, de seis meses, também comemorou a realização do procedimento. “Quando recebi o diagnóstico de que meu filho tinha lábio leporino fiquei muito assustada, sem saber o que fazer. Mas logo fui orientada pelo médico de que existia tratamento e hoje, saber que o Enzo está tendo essa oportunidade, me deixa muito feliz”, falou.

O projeto é uma parceria entre a Prefeitura de Boa Vista , a ONG Smile Train e a Associação Norte Amazônica de apoio à Pessoa com Fissura Labiopalatina de Roraima (AmazonFir). De acordo com o médico cirurgião plástico e um dos representantes da ONG, Álvaro Sá, responsável pela realização das cirurgias, com auxílio do Dr. Marcus Vinicius, que atua no HCSA, após o procedimento a criança ainda será acompanhada por anos.

“O tratamento completo em si, é o que chamamos de tratamento multidisciplinar, não se resumindo somente ao processo cirúrgico. Essa criança ainda precisará ser acompanhada por diversos profissionais, a exemplo de dentistas, fonoaudiólogos, nutricionistas, assistentes sociais, psicólogos, recebendo esse acompanhamento até a fase adulta para a efetiva reparação e sucesso do tratamento”, explicou.

 A parceria teve início em 2019, porém, devido à pandemia da covid-19, os trabalhos foram suspensos, sendo retomados agora. De lá para cá 26 crianças passaram pela cirurgia: brasileiras, estrangeiras e de comunidades indígenas.

 TREINAMENTO – Agora, a equipe do HCSA está sendo treinada pelos cirurgiões parceiros da ONG, para que futuramente os cirurgiões locais operem sozinhos. A parceria com a Smile Train, HCSA e a Associação de Fissurados de Roraima - Amazonfir foi um marco para o tratamento dessas crianças no estado de Roraima, sendo uma referência para a região.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
3
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!