2ª dose da vacina da Pfizer está disponível para gestantes e puérperas - Folha de Boa Vista
COVID-19
2ª dose da vacina da Pfizer está disponível para gestantes e puérperas
A medida foi autorizada pelo Ministério da Saúde após alguns estudos
Por Folha Web
Em 02/08/2021 às 11:45
A segunda dose deverá ser administrada respeitando o intervalo adotado para o imunizante utilizado na primeira dose (Foto: Divulgação)

As gestantes e puérperas (até 45 dias pós-parto) que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca/Fiocruz que estejam no momento de receber a segunda dose da vacina poderão receber preferencialmente a Pfizer ou a Coronavac, para completar o esquema vacinal.

A medida foi autorizada pelo Ministério da Saúde em nota técnica 06/2021, após estudos. A segunda dose deverá ser administrada no intervalo previamente agendado, respeitando o prazo previsto para o imunizante da primeira dose.

Em Boa Vista, as mulheres podem se vacinar em qualquer um dos pontos fixos e também itinerantes. Para aquelas que ainda não se vacinaram contra a Covid-19 também devem receber as doses dos imunizantes Pfizer e Coronavac.

A exceção se dá apenas onde não for possível administrar a segunda dose da vacina com uma vacina do mesmo fabricante, seja por contraindicações específicas ou por ausência daquele imunizante no país (exemplo, indivíduos que receberam a primeira dose de uma vacina covid-19 em outro país e que estarão no Brasil no momento de receber a segunda dose), poderá ser administrada uma vacina covid-19 de outro fabricante.

A segunda dose deverá ser administrada respeitando o intervalo adotado para o imunizante utilizado na primeira dose.

Documentos necessários:

Gestantes: Cópia da prescrição médica e comprovante de residência, cartão de vacina da gestante, Cartão SUS ou CPF.

Puérperas (até 45 dias após o parto): Cópias da prescrição médica e comprovante de residência, certidão de nascimento da criança, cartão de vacina da puérpera, cartão SUS ou CPF.

Trocas de vacinas – Na mesma nota, o Ministério da Saúde não recomenda a chamada intercambialidade de vacinas covid-19, que são os esquemas de combinação de diferentes imunizantes.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
1
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!