Comissão da OAB alerta para reajuste em preço de testes sem justificativa - Folha de Boa Vista
COVID-19
Comissão da OAB alerta para reajuste em preço de testes sem justificativa
Testes que custavam cerca de R$80,00 no início do ano já estão custando até R$200,00 em alguns laboratórios
Por Folha Web
Em 18/01/2022 às 13:00
OAB vai fiscalizar laboratórios em relação ao aumento nos preços dos testes (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

O aumento nos casos de Covid-19 inevitavelmente levou a uma maior procura por exames e testes rápidos pela população. De uma semana para outra os preços desses testes dispararam e os pacientes resolveram denunciar os preços aos órgãos de proteção e defesa do consumidor. 

De acordo com o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/RR, advogado Jhonatan Rodrigues, o aumento sem justificativa é uma conduta vedada pelo Código de Defesa do Consumidor, e caso comprovada, a empresa pode ser multada. 

Segundo a Comissão a população informou que os testes que custavam cerca de R$80,00 no início do ano já estão custando até R$200,00 em alguns laboratórios.

“Desta maneira, aquela população que está combalida economicamente, por força dos efeitos econômicos da pandemia, não têm condições de fazer toda hora testes de covid, pois o preço explodiu e sem nenhuma razão para isso”, afirma o advogado. 

Ele informou que a OAB vai fiscalizar os laboratórios a respeito dos motivos desse elevado aumento. O objetivo é constatar se realmente houve falta de estoque “ou se os estabelecimentos estão escondendo os testes para questões especulativas”.

Diante disso, e se não existir uma justificativa plausível para os preços abusivos, a OAB pretende representar perante o Conselho Estadual de Defesa do Consumidor.

“Vamos fiscalizar em laboratórios e farmácias o preço dos testes de covid. Verificando que houve aumento exagerado da margem de lucro, a empresa poderá ser autuada por prática abusiva, com aplicações de multas e demais sanções”.

Caso o consumidor encontre preços abusivos, deve comunicar os órgãos de defesa do consumidor.

“Em plena pandemia, quando existe uma necessidade da população por exames, não se pode admitir que a empresa pratique de forma especulativa o aumento exagerado dos preços”, ressaltou.

Para inúmeros pacientes com suspeita de contaminação pela Covid-19, o teste se tornou sinônimo de resiliência nas longas filas do serviço público, ou de custo adicional para aqueles que recorrem aos laboratórios privados, que novamente, estão com alta demanda de agendamentos para realização de exames.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
4
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!