Médico afirma que autoteste de Covid deve ser considerado complementar - Folha de Boa Vista
SAÚDE
Médico afirma que autoteste de Covid deve ser considerado complementar
'Ideal é que os gestores públicos de saúde coloquem equipes volantes à disposição para fazer os testes em casa e sem custo', sugeriu Joel Terra
Por Neidiana Oliveira
Em 13/01/2022 às 08:00
Implantação do autoteste aguarda autorização da Anvisa (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

A implantação do autoteste de Covid-19, estudada pelo Ministério da Saúde (MS), aguarda avaliação e autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Este tema tem gerado opiniões distintas, uma vez que existe uma resolução da agência que proíbe o uso de autotestes para detecção do vírus em casa.

Para o médico Joel Terra, o autoteste deve ser considerado um exame complementar a outros, inclusive ao exame clínico feito por um profissional.  "O ideal é que os gestores públicos de saúde coloquem equipes volantes à disposição para fazer os testes em casa e sem custo, para evitar a poluição, porque é uma questão de saúde pública e direito universal", frisou. 

Ele explicou que o resultado do exame de swab de secreção nasal é operador dependente. "Já temos naturalmente um índice alto de falsos negativos por coleta tecnicamente falha. No caso de negativo, mas a pessoa esteja com sintomas sugestivos, deve procurar atendimento médico, de preferência especializado, não deixar de usar máscara e evitar aglomerações", orientou. 

Terra reforçou que a pessoa que estiver com sintomas deve manter o distanciamento social. "O indicado é não comer junto com outras pessoas e não conviver em ambientes fechados principalmente com pessoas do grupo de risco", recomendou.

De acordo com o médico, em casos positivos, o paciente deve iniciar o tratamento precoce, seguir orientações de quarentena e buscar orientação especializada. "Se der negativo o autoteste e prevalecer sintomas, esperar 48h e repetir o teste de antígeno em posto de saúde ou particular em laboratório", indicou o profissional. 

O registro de autoteste de doenças infectocontagiosas de notificação compulsória, como a Covid-19, só podem ser feitos caso haja uma política de saúde pública e estratégia de ação estabelecidas pelo Ministério da Saúde. Atualmente, são permitidos no país autotestes de diabetes, HIV e gravidez.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
1
2
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!