Prática de atividade física pode contribuir para jovialidade da pele - Folha de Boa Vista
POTENCIALIZAR RESULTADOS
Prática de atividade física pode contribuir para jovialidade da pele
Aminoácido produzido naturalmente pelo corpo apresenta diversas vantagens para corpo e mente
Por Folha Web
Em 27/10/2021 às 08:54
(Crédito: divulgação, istock)

As atividades físicas são, sem dúvida, um dos principais requisitos para uma vida próspera e saudável. Quando aliada a outros hábitos, como uma alimentação adequada e boas noites de sono, os resultados são notáveis em qualquer fase da vida. Porém, para potencializar os efeitos, podemos contar com a glutamina. Trata-se do  aminoácido mais abundante produzido naturalmente pelo corpo humano: cerca de 80%. 

Mas o que é glutamina? Formada nos músculos, a glutamina é distribuída pelo sangue para todos os órgãos que necessitam. Quando é captada pelo fígado, ocorre a síntese de glutationa, o mais potente antioxidante do organismo. A função é necessária para lidar com os radicais livres produzidos em momentos de estresse, favorecendo a mente. 

Além disso, esse aminoácido fornece carbono e nitrogênio para diferentes células no organismo, gerando uma ação imunológica, ideais para atletas que possuem quadros de overtraining – quando o corpo não consegue se recuperar de um excesso de treino, além de contribuir com as funções intestinais e reparar e nutrir diversos tecidos, como pele, cabelo e unhas. 

Alguns alimentos são ricos em glutamina, ajudando na produção natural, como é o caso de carnes vermelhas, ovos, leite e derivados, peixes, tofu e algumas leguminosas, como soja, lentilha e grão-de-bico. Além da produção pelo organismo, é possível utilizar a glutamina como suplemento. Dessa maneira, ocorre uma recuperação mais rápida dos tecidos musculares e da recuperação da pele em casos de cicatrização, por exemplo. 

Para quem pratica exercícios físicos, o suplemento de glutamina pode ser consumido antes das atividades, para reduzir o cansaço e melhorar o desempenho, ou, então, depois, com a função de recuperação dos músculos. 

A produção do suplemento é feita por um processo biotecnológico de fermentação, com matérias-primas naturais e que não prejudicam a saúde. Também são encontrados como glutamine, glutamina peptídeo ou L-glutamina. 

Ainda não existe uma recomendação definida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de doses diárias do consumo do suplemento. Por isso, é necessário consumi-lo com acompanhamento profissional, pois a dose pode variar entre 5 g e 20 g. Assim, o profissional pode recomendar a quantidade ideal que o organismo de cada pessoa necessita, já que tudo em excesso acaba não sendo interessante para o corpo humano. 

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!