PUBLICIDADE
SAÚDE
Transplante capilar pode ser feito para barbas e sobrancelhas
O transplante de barba é realizado por meio da técnica atual de transplante capilar
Por Raisa Carvalho
Em 01/07/2019 às 00:05
Alvaro Fortes é especialista em Cirurgia Robótica para transplante e hoje, é coordenador e professor em um curso de transplante capilar em São Paulo (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

O transplante capilar também pode ser realizado em barbas e sobrancelhas. De acordo com o médico especialista Alvaro Fortes, o caso da barba serão trazidos cabelos para a área desejada aumentando a densidade e volume da barba. E no caso das sobrancelhas são escolhidos fios mais finos  e unidades foliculares únicas.  

“Em pacientes com pouca densidade podemos também utilizar pêlos de outros locais do corpo, sendo os mais usados aqueles do tórax e da barba em situações específicas” relata. 

Segundo o médico, ao sair do consultório já é possível que o paciente note a diferença. “O contorno facial já fica demarcado ao final da cirurgia e raramente requer uma segunda rodada. Contudo pode acontecer um segundo procedimento caso o desejo seja de mais densidade. Este procedimento se realiza depois de seis a dez meses aproximadamente” explica.

PUBLICIDADE

Entretanto o transplante não é sinônimo de milagre. “É importante ressaltar que a alopecia androgenetica, responsável por 955 das calvícies é progressiva, portanto o transplante capilar não faz a calvície cessar”. 

Foto: Divulgação

Os fios transplantados em geral não caem, mas os remanescentes, que por si, já possuem a informação genética para queda, sim. Para um resultado de excelência, além do médico ter bastante experiência, são necessários equipamentos cirúrgicos específicos e uma equipe bem treinada.

Benefícios deste técnica: Sem dor, rápida recuperação, eficiência, rapidez e precisão na extração dos enxertos foliculares, minimizando danos aos folículos. Identificação das melhores unidades foliculares.

O médico explica que durante o transplante não há possibilidade de rejeição porque os fios são do próprio paciente. “Todo o processo é realizado com anestesia local proporcionando rápida recuperação após o procedimento. Não requer retorno para retirada de pontos nem cuidados especiais com cicatrizes grandes. O paciente retorna no dia seguinte apenas para primeira lavagem das áreas que é realizada pelo médico.

E esta liberado inclusive para atividades físicas leves. Durante o pós-operatório e nos dias seguintes o médico e sua equipe darão todo suporte necessário”.

Especialidade

Para atuar na área, Alvaro Fortes, viajou por vários países trocando informações com os melhores profissionais desta área. Entre eles, Miami, Istambul e Ankara na Turquia, em Praga na República Tcheca, Polanica-zdrov na Polônia, San Diego e Beverly Hills, Paris, Milão e Buenos Aires recentemente. O médico se especializou em Cirurgia Robótica para transplante e hoje, é coordenador e professor em um curso de transplante capilar em São Paulo onde frequentam alunos-médicos da América do Sul e Europa. 

Foto: Divulgação

***
Gostou?
7
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!