UBSs devem atender pacientes independente do local onde residam - Folha de Boa Vista
MP RECOMENDA
UBSs devem atender pacientes independente do local onde residam
O município informou à Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde, que as UBSs já foram orientadas a atender a notificação recomendatória e ofertar atendimento aos pacientes
Por Folha Web
Em 14/06/2022 às 09:41
A recomendação é de maio deste ano e no último dia 7 de junho (Foto: Divulgação)

Após recomendação do Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), Unidades Básicas de Saúde de Boa Vista (UBS) foram orientadas a ofertar atendimentos ou agendamentos de consultas aos pacientes, independente da localidade em que residam. 

A recomendação é de maio deste ano e no último dia 7 de junho, o município informou à Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde, que as UBSs já foram orientadas a atender a notificação recomendatória e ofertar atendimento aos pacientes, independente do bairro em que procurem assistência à saúde.

Em fevereiro deste ano, uma paciente procurou o MPRR para denunciar que foi impossibilitada de realizar agendamento para consulta na UBS Laura Moreira por residir no bairro Senador Hélio Campos. Na ocasião, foi informada que aquela Unidade de Saúde só atenderia moradores dos bairros Conjunto Cidadão, Cruviana ou Manaíra.

Diante da reclamação, o MPRR solicitou informações à Secretaria Municipal acerca do caso. Em resposta, o município esclareceu que existe como diretriz do Ministério da Saúde a necessidade de vinculação dos usuários aos profissionais da Estratégia de Saúde da Família para uma melhor atenção, porém, não impede ou orienta restrições no atendimento. 

Segundo o Promotor de Justiça de Defesa da Saúde, Igor Naves, todos têm direito a atendimentos e tratamentos de forma ampla e irrestrita, independente da localidade em que residem. “Cientes da recomendação, as unidades de saúde saberão orientar melhor os usuários quanto a esse direito fundamental”, destacou.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
8
1
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!