OFTALMOLOGIA
Saiba a importância das lágrimas para a saúde dos olhos
A principal função das lágrimas é garantir que o olho fique lubrificado, limpo e protegido de lesões decorrentes de micro-organismos e substâncias estranhas
Por Raisa Carvalho
Em 06/12/2018 às 00:03
De acordo com a oftalmologista Eloisa Klein, o filme lacrimal é essencial para a saúde e proteção dos olhos (Foto: Divulgação)

Muitas pessoas apenas associam as lágrimas aos sentimentos e não sabem a importância delas para a saúde dos olhos. De acordo com a oftalmologista Eloisa Klein, o filme lacrimal é essencial para a saúde e proteção dos olhos.

“As lágrimas são as responsáveis pela hidratação e nutrição das camadas externas do olho, auxilia na nitidez da visão, uma vez que contribui para regularizar a superfície, ajuda na eliminação de corpos estranhos dispersos nestas camadas superficiais e promove uma barreira contra infecções oculares, já que em sua constituição possui elementos antibióticos” explica.

Segundo a especialista, caso o paciente observe o ressecamento dos olhos, ele deve procurar atendimento médico para que seja diagnosticado o motivo do ressecamento e tratar a sua causa.

Existem inúmeros motivos para o olho ficar ressecado. O mais comum é o excesso de evaporação da lágrima, o qual pode ser combatido inicialmente com uso de colírios lubrificantes.

“O ressecamento pode ainda ser causado por falta de produção de lágrimas. Exames realizados pelo médico oftalmologista ajudam a identificar a causa e direcionar o tratamento, para que seja o mais efetivo possível. É importante destacar que o uso de medicamentos deve ser orientado por um médico, visto que, diferentemente do que algumas pessoas acreditam, cada colírio possui uma função diferente. Cabe ao médico identificar qual a melhor opção para cada paciente” ressalta.

As lágrimas são substâncias produzidas pelas glândulas lacrimais (Foto: Divulgação)

Algumas doenças podem se manifestar através de olho seco, principalmente doenças reumáticas, sendo a mais conhecida a síndrome de Sjögren.  A falta de lágrimas leva ao ressecamento dos olhos, que, por sua vez, desencadeia vermelhidão, coceira e ardor. Em alguns casos mais graves, observa-se até mesmo dificuldade de movimentar as pálpebras. A síndrome do olho seco é tratada por meio de lubrificantes oculares, que estão disponíveis na forma de colírio ou pomada.

“Doenças infecciosas, autoimunes e tumorais também podem afetar a glândula e causar olho seco. O olho seco também pode ser o efeito adverso de algumas medicações, como os antidepressivos, por exemplo. Por este motivo, a avaliação oftalmológica é tão importante” relata a médica.

***
Gostou?
3
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!