Telmário é contra proposta de Jucá de fechamento da fronteira - Folha de Boa Vista
CRISE NA VENEZUELA
Telmário é contra proposta de Jucá de fechamento da fronteira
Parlamentar do PTB afirmou que Roraima será o mais atingido e poderá ficar sem energia do Linhão de Guri
Por Folha Web
Em 17/08/2017 às 01:19
Senador Telmário Mota: “Risco de deixar Roraima no escuro de vez” (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O senador Telmário Mota (PTB) se posicionou ontem, 16, contrário à declaração do senador Romero Jucá (PMDB) em pedir o fechamento da fronteira do Brasil com a Venezuela, ao norte do Estado. Ele afirmou que é uma decisão radical e desumana que prejudica a relação comercial e institucional do Brasil com o país vizinho.

“Quem vai pagar o pato é Roraima. Temos acordos com calcário, energia, acordos comerciais e intercâmbios nas áreas de cultura e educação, trabalhadores de garimpo e outros setores. Roraima depende da energia vinda da Venezuela e o discurso equivocado de Jucá poderá desencadear uma retaliação do governo de Nicolás Maduro. Vale lembrar, que Roraima já sente os reflexos dos apagões vindos da Venezuela”, frisou.

Mota disse que conversou com a secretária de Segurança Institucional do governo Michel Temer, pedindo que não permita o fechamento da fronteira. “Essa questão de fechar a fronteira e tirar a Venezuela do Mercosul sou contra. É uma posição radical, insana de quem não tem compromisso com Roraima. Mais uma vez somos pegos de surpresa com essa atitude irresponsável do senador pedindo o fechamento da fronteira. Ele não olha a necessidade de nosso povo. Quer criar o caos e não aceito isso. Roraima não merece. Não tem compromisso com nosso Estado”, destacou o petebista.

Para o senador, ao assumir uma postura mais agressiva em relação ao governo Maduro, Jucá “assume o risco de deixar Roraima no escuro de vez”.

GOVERNO – A Folha procurou o Governo de Roraima para saber sobre a questão. Em nota, a Casa Civil informou que acredita que o senador está insuflando a Venezuela fora da diplomacia, o que é “extremamente prejudicial para Roraima”. “Estamos vivendo um momento delicado de insegurança energética. Nos últimos dias, temos sofrido constantes apagões. O que parece é que mais uma vez o senador está demonstrando seu interesse pela energia térmica, com a necessidade de ampliação de usinas termelétricas em Roraima, caso a Venezuela corte todas as relações com o Brasil. Ele atuou diretamente para a Cerr [Companhia Energética de Roraima] perder a concessão e nada faz para resolver Tucuruí”, disse o chefe da Casa Civil, Oleno Matos.

JUCÁ – O senador Romero Jucá disse, em vídeo publicado em suas redes sociais, que marcou posição pela expulsão da Venezuela do Mercosul e fechamento da fronteira. “Semana que vem, vou com a prefeita Teresa Surita na Casa Civil falar sobre nossa posição”, disse.

A Folha procurou a assessoria de Jucá, que informou que o senador fará, nesta quinta-feira, 17, um pronunciamento em seus perfis das redes sociais esclarecendo os pontos dessa proposta.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
75
93
Cadastrar-me Enviar Comentário
Fernando Bezerra disse: Em 05/09/2017 às 13:58:12

"Ninguém achava ruim a fluxo na fronteira quando era vantajoso para o morador de Boa Vista ir até Santa Elena para fazer compras semanais e encher o tanque de gasolina. "

Castro disse: Em 17/08/2017 às 11:37:29

"É só construir a nossa própria hidrelétrica e fechar a fronteira e acabar com essa farra dos alienados e começar a cuidar melhor do povo brasileiro"

Eligê disse: Em 17/08/2017 às 11:18:57

"A Venezuela já é uma ditadura, o Maduro está apenas matando os contrários. O que é melhor: Fechar a fronteira para evitar que nossos serviços públicos e a segurança colapsem ou inundar Roraima com milhares de pessoas em detrimento do nosso bem e deixar tudo acontecer?"

SANTOS disse: Em 17/08/2017 às 11:12:53

"- O ilustre senador Telmario Mota, ao invés de ficar com medo de possíveis retaliações do chefete Nicolás Maduro, deveria conclamar toda a bancada do Estado no Senado Federal e Câmara dos Deputados e pressionar o Ministro da Justiça para que acabe com essa patifaria da FUNAI que impede a conclusão da construção da linha de transmissão Boa Vista-Manáus, que inserirá o Estado de Roraima no Sistema Interligado Nacional, que auxiliará no desenvolvimento pois todos, residências, comércio e indústrias usufruirão de energia confiável. Essas picuinhas pessoais, embaladas por vaidades individuais, não levam a nada. Representante parlamentar que se preze, seja do povo ou do Estado, deve ter um comportamento divorciado de atitudes tão rasteiras."

Rildo Lopes disse: Em 17/08/2017 às 09:27:37

"Engraçado que não aparece um com a solução viável. Fechar a fronteira é uma atitude desumana, mas deixar com que eles vivam em situação precária no estado, também não seria desumana? Independente de prejudicar a relação comercial ou não, é necessário que seja feito algo, até pq não somos um estado com industrias, vivemos do funcionalismo público. Não adiantar abraçar a causa hoje para amanha estarmos na mesma situação. E não é hora de briguinhas Senhor Télmario, sabemos que o senhor nunca irá concordar com o jucá...a historia de vocês é igual a Venezuela com os Estados Unidos...pura inveja!"

concurseiro disse: Em 17/08/2017 às 05:58:48

"tem que fechar é o congresso nacional que não serve para nada"