REFUGIADOS DA VENEZUELA
Temer decretará emergência social em Roraima
Estado recebeu cerca de 40 mil venezuelanos; efetivo militar vai dobrar na região
Por Folha Web
Em 14/02/2018 às 16:00
(Imagem Folhapress)

O presidente Michel Temer vai decretar situação de emergência social em Roraima devido à entrada de milhares de refugiados venezuelanos.

A medida provisória, que será publicada nesta semana, permitirá o repasse imediato de recursos pelo governo federal e a atuação das Forças Armadas na coordenação das ações humanitárias.

Com a medida, será duplicado de 100 para 200 o efetivo militar na região de fronteira e será enviado ao local um hospital de campanha, com capacidade para cirurgias e consultas.

Ele anunciou ainda que serão criados novos postos de controle na fronteira com Roraima para intensificar o trabalho de triagem de imigrantes, e que será enviado um helicóptero para ajudar nas operações humanitárias.

Até o momento, já atravessaram cerca de 40 mil venezuelanos; a ideia do presidente é distribuí-los em outras unidades federativas.

Os detalhes da medida provisória foram definidos em reunião nesta quarta-feira (14), no Palácio do Alvorada, com o presidente. Não está definido, contudo, o montante que será repassado. (fonte: Folhapress)

***
Gostou?
3
0
Prof. RN disse: Em 14/02/2018 às 19:37:59

"Deixa o exército administrar os recursos e o controle dessa situação... que os resultados serão sólidos e transparentes."

Fernando disse: Em 14/02/2018 às 18:30:11

"Queria creditar que nem um pouquinho da verba destinada será desviada."