Terra indígena receberá energia eólica - Folha de Boa Vista
RAPOSA SERRA DO SOL
Terra indígena receberá energia eólica
Projeto Cruviana para implantação de energia gerada pelo vento está em andamento e recebeu posição favorável dos índios
Por Folha Web
Em 19/02/2016 às 00:05
Projeto já vem sendo testado pelo Conselho Indígena de Roraima há um certo tempo (Foto: Divulgação/CIR)

O Projeto Cruviana, uma parceria entre o Conselho Indígena de Roraima (CIR), o Instituto Socioambiental (ISA) e a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), poderá finalmente sair do papel. A informação é do senador Telmário Mota (PDT). O projeto avalia continuamente o potencial para geração de energia eólica na região Nordeste de Roraima, onde está a Terra Indígena Raposa Serra do Sol.

De acordo com o parlamentar federal, este será o primeiro na região Norte e em comunidades indígenas que trata de energia eólica. “É um projeto fantástico e que vai abrir oportunidade para a geração de energia eólica no Estado”, afirmou, complementando que deverá ser implementado na sede do Município de Uiramutã e na comunidade Pedra Branca, áreas em que as correntes de vento são maiores no Estado.

Telmário Mota teve uma audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, esta semana. “Levei o projeto, que o Ministério da Justiça já conhecia, mas que estava parado. O ministro abraçou a ideia com muito entusiasmo e determinou que seja dado andamento a ele”, frisou.

Para a execução do projeto Cruviana deverão ser investidos cerca de R$ 3 milhões. Caso a Companhia Energética de Roraima (Cerr) não tenha condições de ser parceira na implantação, a Eletrobras Roraima poderá assumir esse papel, segundo o senador.

O projeto já tem autorização dos líderes indígenas daquela região para que seja executado. “O ISA tem toda a autorização quanto à questão indígena. Então, não terá nenhum problema ambiental nem resistência da população indígena. Essa é uma oportunidade para geração de energia alternativa, limpa e com menor impacto ambiental”, afirmou o parlamentar.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
PENSADOR disse: Em 19/02/2016 às 13:42:42

"Fenomenal esse projeto. Principalmente por ser uma energia limpa que respeita o meio ambiente. Além disso poderia ser a alternativa para não ser mais dependente da energia da Venezuela."