PUBLICIDADE
INFRAESTRUTURA COMPROMETIDA
Unidade de saúde tem outras rachaduras
Constatação de outras irregularidades foi feita durante visita do vereador Ítalo Otávio, após denúncia na Folha
Por Paola Carvalho
Em 15/03/2019 às 20:00
Com a denúncia, parte da estrutura do posto foi derrubada (Foto: Divulgação Ascom Ìtalo Otávio)

Após a Folha ter divulgado que a parede da unidade básica de saúde Dalmo da Silva Feitosa corria o risco de cair, o vereador Ítalo Otávio (PR) realizou uma vistoria no posto localizado no bairro Cauamé e confirmou a existência de outras rachaduras.

A visita ao local aconteceu na tarde de hoje, 15, junto de engenheiros do serviço de atendimento ao consumidor do poder legislativo, o Procon Assembleia. O objetivo era averiguar a extensão do problema e também para realizar um levantamento de quanto foi gasto na unidade que completou somente um ano de inauguração nesta sexta.

O vereador explica que além da rachadura principal, na entrada da unidade, existem outras fissuras no prédio, uma delas em uma parede e outra próxima a uma janela. “Inclusive na parte de dentro no corredor há uma infiltração. A diretora da unidade informou que a passagem de água já teria cessado, mas vamos pedir que a empresa também se responsabilize em verificar esta situação e dê toda a atenção ao posto de saúde”, completou.

PUBLICIDADE

O parlamentar informou ainda que com o comprometimento da estrutura, o serviço foi alterado na unidade, inclusive, com isolamento de algumas salas. “In loco podemos ver que o local foi isolado, na parte da diretoria, para que não tivesse nenhum tipo de desabamento e causasse um acidente. A empresa foi chamada para poder arrancar a parte que cedeu e o atendimento estava sendo feito pela parte de trás da unidade”, revelou.

NA PRÓXIMA SEMANA - Sabendo que o posto de saúde não vai funcionar no sábado e domingo, o vereador decidiu também solicitar que o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBMRR) vá ao local somente na próxima segunda-feira, 18.

 “No caso, para ver se uma coluna ou viga venha a rachar e que isso resulte em problemas tanto para os funcionários quanto aos futuros pacientes. Isso ainda não foi comprovado. De certo, o que temos é que a empresa responsável já esteve no local, isolou o perímetro e se comprometeu a fazer todo o reparo”, completou.

O vereador afirmou ainda que vai avaliar o custo de investimento na unidade de saúde também na próxima semana, considerando o pouco tempo de funcionamento. “O que a gente percebe é que a obra é muito recente. Ela foi entregue há exato um ano e não deveria ter apresentado nada desse tipo. Agora o estudo técnico vai ver se a estrutura está comprometida”, finalizou.

ENTENDA - A infraestrutura da unidade básica de saúde Dalmo da Silva Feitosa, no bairro Cauamé, já apresenta rachaduras mesmo tendo apenas um ano de inauguração. Uma das paredes do posto corre o risco de cair, o que preocupa moradores da região.

Conforme denúncia feita à Folha por usuários da unidade, uma das paredes da entrada está rachada e já até chegou a balançar. A equipe de reportagem esteve no local na tarde de quinta-feira e constatou o problema.

A Folha entrou em contato com a Prefeitura de Boa Vista para saber se a gestão municipal tinha ciência do problema e se havia previsão de reparo na unidade de saúde, porém não recebeu resposta.

Vale ressaltar que a unidade de saúde foi inaugurada pela Prefeitura em 15 de março de 2018, com auxílio de recursos viabilizados pelo então senador Romero Jucá. Na época, a gestão municipal informou que a construção de novas unidades básicas era “um avanço na gestão”.

***
Gostou?
1
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!