Óleo de cozinha pode ser reutilizado? - Folha de Boa Vista
NUTRIÇÃO
Óleo de cozinha pode ser reutilizado?
Nutricionista ensina dicas para reduzir o óleo de cozinha na alimentação
Por Folha Web
Em 19/05/2022 às 14:30
A nutricionista Grasiely Almeida alerta para os perigos de reutilização do óleo de cozinha (Fotos Nilzete Franco/FolhaBV)

O óleo de soja está mais caro. Só em 2022, o preço aumentou 20,37%, segundo o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Por isso, muitas pessoas têm encontrado formas de economizar, inclusive reutilizando o produto. Porém, reutilizar o óleo de cozinha para economizar não é indicado pelos especialistas.

A nutricionista Grasiely Almeida afirma que o óleo usado nas frituras pode estar sujeito à formação de compostos tóxicos, que representam um sério risco à saúde das pessoas.

“O óleo de cozinha não deve ser reutilizado, pois quando o mesmo atinge temperaturas muito altas, eles começam a liberar substâncias tóxicas conhecidas como a acroleína, um potencial cancerígeno que causa irritação no estômago", completa. Além disso, o uso excessivo do óleo pode causar outros problemas à saúde como, obesidade, diabetes, hipertensão e doenças do coração.

Quanto mais escuro o óleo fica, mais prejudicial ao organismo. A composição química muda completamente, mais bolhas de ar se formam e sua estrutura torna-se cada vez mais inflamatória e oxidativa.

 “A reutilização desse óleo pode trazer várias consequências danosas para a saúde do consumidor como infarto, acidentes cerebrais vasculares, tromboembolismo” explica a especialista.

Reutilizar o óleo de cozinha para economizar não é indicado pelos especialistas (Fotos Nilzete Franco/FolhaBV)

Como reduzir o uso?

Dê preferência à comida grelhada, assadas ou cozidas, esquecendo um pouco das frituras. “Para reduzir os óleos de cozinha é indicado utilizar panelas antiaderentes, usar quantidades menores de azeite ou manteiga e até mesmo a água para cozinhar os alimentos podem ser uma opção mais saudável", reforça.
 
É importante que procure orientação de um profissional antes de consumir óleos divulgados como “saudáveis” como de abacate, milho, amendoim, entre outros. Mesmo que possuam propriedades para seu organismo, há quantidades certas e misturas que não devem ser realizadas.

Onde descartar?

DOAÇÃO - O óleo de cozinha que não será utilizado mais pode ser doado para a Caerr, através dos pontos de coleta disponíveis na sede da empresa, no bairro São Pedro.


Por Raísa Carvalho

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
2
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!