PUBLICIDADE
SARAU DA LONA POÉTICA
Sarau literário reúne poetas de Roraima
O Sarau da Lona Poética é realizado desde 2014 pelo Coletivo Caimbé
Por Raisa Carvalho
Em 13/06/2019 às 16:30
O evento começa às 19h30 no Espaço de Cultura e Arte União Operária/UFRR, 565, Avenida Nossa Senhora da Consolata, Centro, com entrada franca (Foto: Arquivo Pessoal)

O próximo sábado (15) será de poesia em Boa Vista. O Coletivo Caimbé promoverá mais uma edição do Sarau da Lona Poética, desta vez trazendo como convidados especiais os poetas Brendo Vieira, Elimacuxi e Felipe Thiago. Além deles, qualquer pessoa poderá fazer uso do microfone para declamar ou cantar. O evento começa às 19h30 no Espaço de Cultura e Arte União Operária/UFRR, 565, Avenida Nossa Senhora da Consolata, Centro, com entrada franca.

Sarau da Lona Poética 

O Sarau da Lona Poética é realizado desde 2014 pelo Coletivo Caimbé, que já levou a atividade a outros municípios de Roraima, incluindo comunidades indígenas, e também a Manaus (AM). Registros dessa e outras atividades realizadas pelo grupo desde a sua criação, em 2009, podem ser conferidos no blog www.caimbe.blogspot.com.br, no facebook.com/coletivocaimbe,  no twitter.com/coletivocaimbe e no www.instagram.com/coletivocaimbe. Nesta edição, o sarau tem o apoio da Universidade Federal de Roraima (UFRR).

OS CONVIDADOS – O poeta Brendo Vieira define-se como “mais um tolo romântico do século XXI que curte poesia desde o ensino fundamental e é amante de saraus”. Apesar de ser fã não é um leitor assíduo, mas se esforça para alimentar-se de literatura, complementa. Publica no endereço http://brendovieira.blogspot.com/.

Elimacuxi é feminista e poeta. Apaixonada por literatura, arte e história, atua como professora no Curso de Artes Visuais da UFRR e mantém o blog http://elimacuxi.blogspot.com/, em que divulga sua produção. Vitor de Araújo, tradutor e poeta, a acompanhará em sua performance.

Felipe Thiago tem 22 anos, é poeta, ativista cultural e acadêmico de Letras-Literatura. Membro do grupo Margens e editor do fanzine Interferência Poética, tem obras publicadas nas coletâneas 'Olhares Poéticos', lançada em 2015, e no Poesia Livre 2016, para a qual foi selecionado através de concurso nacional.

“Brendo, Eli e Felipe fazem parte de toda a nossa história como Coletivo, tendo participando de muitas atividades desde que começamos a fazer produções culturais em 2009. São poetas com estilos distintos de fazer e falar poesia e com isso o público do sarau terá uma visão interessante de nossa cena poética atual”, afirma Edgar Borges, um dos articuladores do Coletivo Caimbé.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
PUBLICIDADE