Aulão de Libras gratuito acontece nesse domingo  - Folha de Boa Vista
AULA GRATUITA
Aulão de Libras gratuito acontece nesse domingo 
O encontrão livre e gratuito, acontece neste 7 de agosto, as 15h30, na praça do Mirandinha
Por Folha Web
Em 06/08/2022 às 09:30
O evento será realizado na Praça do Mirandinha (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

Ao perceber as dificuldades no dia a dia do amigo surdo, uma professora de libras resolveu organizar um encontro gratuito, para ensinar os sinais básicos para aqueles que tem interesse na inclusão social de pessoas surdas. 

A iniciativa partiu de Beatriz Teófilo, intérprete de libras e formada em tradução e interpretação em libras/português pela Universidade federal de Roraima. Ela conta que toda vez que sai para passear com o amigo, Márcio Eduardo, encontra muita dificuldade de terceiros, ao se comunicarem com o colega. 

Os dois tem como objetivo tornar a praça um ponto de encontro fixo, para pessoas que querem ter contato com a língua de sinais e conversar com surdos, para assim, promoverem uma maior inclusão. 

Tema: aula foi planejada para que todos possam entender aos sinais básicos para conversação, então, serão usadas plaquinhas com imagens e palavras em português, depois os sinais em libras. Além de contar com dinâmicas em grupo e claro, com participação do surdo. Pois é ele que vai avaliar os parâmetros da libras.

“O que eu pretendo é que mais pessoas fiquem sabendo, pra irem aprender libras e entender a importância de acessibilidade, ter contato direto com surdo, ter uma imersão total.” Afirma Beatriz. 

Márcio Eduardo, é estudante de educação física do IFRR, e convida todos para o aulão. Confira o vídeo abaixo:

LOCAL E HORA

O encontrão acontece neste domingo, 7 de agosto, as 15h30, na praça do Mirandinha, na Rua da Tangerineira, 440, Caçari. Lembrando que o evento é livre para todos os públicos e completamente gratuito.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!