Sem o conhecer pessoalmente, Cássia veio para Roraima ao encontro de José - Folha de Boa Vista
DIA DOS NAMORADOS
Sem o conhecer pessoalmente, Cássia veio para Roraima ao encontro de José
Em uma sala de bate-papo, as conversas foram surgindo e ali se formou uma amizade que mais tarde passaria a envolver sentimento das duas partes 
Por Folha Web
Em 09/06/2022 às 08:00
Após quatro meses do primeiro encontro os dois se casaram (Foto: Arquivo pessoal)

A história da roraimense Cássia Silva, começa de forma trágica quando ela perdeu o único filho em 2002 e passou a vivenciar anos em depressão. Algum tempo depois, Cássia entrou aleatoriamente em uma sala de bate-papo de pessoas de Belém, onde conheceu José Silva usando o nome de usuário “LindoRR”. 

O usuário chamou a atenção e logo ela o perguntou se o nome fazia jus a pessoa. “Ele sempre foi convencido e já respondeu que sim”, conta Cássia. 
As conversas foram surgindo e ali se formou uma amizade que mais tarde passaria a envolver sentimento das duas partes. 

José Silva, era um militar de 21 anos e por conta da diferença de idade, Cássia se sentia impedida de que aquilo se tornasse algo maior. Com o tempo, tudo foi se tornando mais intenso e José a convidou para morar com ele em sua cidade.  

“Não pensei duas vezes, mas disse a ele que devido a alguns problemas não teria como pagar a viagem. Ele disse que daria um jeito, e deu, comprou a passagem e eu estava ansiosa para vê-lo pessoalmente”, relatou ela. 

Apesar disso, mais um episódio triste aconteceu com Cássia, seu pai faleceu três dias antes da viagem e isso a abalou emocionalmente pois não pode estar presente no enterro do pai. “Eu era meio desacreditada nessas coisas, mas não poderia deixar escapar algo tão valioso”, conta. 

De coração apertado e pronta para viver um novo amor, Cássia embarcou para conhecer o seu amor virtual em agosto, e em dezembro do mesmo ano, oficializaram o relacionamento em um casamento, que já resulta em 18 anos de cumplicidade. 

“Tive muitas perdas, quem nos conhece sabe nossa trajetória, desde 2004 quando cheguei aqui o amor continua o mesmo. Começamos do zero e não tínhamos nada, mas Deus que nos deu tudo que temos hoje”, conta Cássia que atualmente tem 56 anos de idade e José 39.  

Envie você também a sua história para fale@folhabv.com.br e concorra a um jantar de Dia dos Namorados no Empório do Pão: Massas e Gastronomia. 

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
9
5
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!