PUBLICIDADE
TECNOLOGIA
Quais os melhores notebooks para trabalhar?
Há grande variedade no mercado e nem sempre é fácil fazer a escolha com tantas configurações
Por Folha Web
Em 02/05/2019 às 10:00
Há grande variedade no mercado e nem sempre é fácil fazer a escolha com tantas configurações (Foto: katemangostar)

Como serão os notebooks em cinco anos? E em 10? Quais serão os que você encontrará no mercado em 2038? Enquanto a indústria e a tecnologia não param de promover novas formas de se relacionar com os aparelhos de informática e com os celulares, o mercado amplia cada vez mais suas disponibilidades, uma onda de individualização que tende crescer nos próximos anos.

Com tantas possibilidades, fica difícil escolher qual aparelho é o mais adequado para uma pessoa: há os notebooks gamers, há os para instalar softwares de trabalho e até alguns simples, para usos gerais. O site 365 Dicas elaborou recentemente um guia para ajudar nessa escolha.

PUBLICIDADE

Como escolher um bom notebook?

Há muitos modelos diferentes de notebooks no mercado e com diferentes preços. Não se deixe enganar pensando que os mais caros são os melhores. Tudo vai depender do tipo de uso que você faz e dos programas que precisa para trabalhar.

Para começar, convém você mesmo fazer uma análise do seu uso. Pergunte-se quanto de espaço ou memória você precisa, que tipos de programas usa mais e quanto tempo por dia pretende utilizar o seu notebook.

É importante fazer esse review primeiro, pois se você utiliza muitos programas específicos do Windows, não vai compensar para você investir em um Macbook, por exemplo.

No entanto, se você é um designer ou developer, pode precisar de programas da família Adobe, que são mais pesados e precisam de muita memória RAM. Por isso, não vai adiantar economizar na compra, você vai mesmo sentir a necessidade de ter um aparelho mais caro.

Como avaliar a bateria?

É importante também verificar o tipo de bateria do notebook desejado. Se você é mais freelancer e trabalha remotamente, pode precisar de um computador com mais autonomia de bateria.

Para escolher o melhor notebook para trabalhar, você precisa saber um pouco mais sobre baterias. Prefira modelos com baterias de maior autonomia e que sejam de íons de lítio.

Baterias assim têm menos probabilidade de viciar ou de dar problemas em poucos anos. Quanto maior o valor do miliampere-hora, mais durabilidade terá a sua bateria. Geralmente o valor é representado por uma abreviação: mAh.

Os melhores aparelhos costumam ter até 6600 mAh. Com esses valores você pode ter mais de dez horas de autonomia, o que é ótimo se você costuma trabalhar longe de tomadas ou em deslocamento.

Qual o melhor processador?

Outro item que merece atenção na hora de escolher o melhor notebook para trabalhar é o processador. Claro, levando em consideração o que falamos antes sobre qual o uso que você pretende dar.

Para um uso mais superficial, abrir planilhas, escrever documentos de Word e reproduzir áudio e vídeo, um processador Core i3 já dá conta do recado. Contudo, esse já é um modelo mais ultrapassado.

A nossa dica é procurar um Core i5 para cima, até porque você vai comprar um notebook com a intensão de que ele dure alguns bons anos. Então prefira um processador mais atual, que possua melhores resultados.

Já para quem trabalha com games, vídeos e processamento de imagens, o melhor é apostar em processadores Core i7 e superiores. Eles possuem mais capacidade para suportar renderizações e outras atividades que exijam mais potência do processador.

Que formato escolher?

Atualmente existem formato diversos de notebook, desde os tradicionais até os ultrafinos e híbridos. Os dobráveis e híbridos podem ser excelentes para você se sente necessidade e ter um tablet, por exemplo.

Os modelos com essas características podem ser desmontados e utilizados como se fossem um tablet. Para quem lê bastante em formato digital ou prepara apresentações pode ser a solução ideal. Além disso, são modelos leves e discretos, fáceis de transportar na bolsa para qualquer lugar.

Já os modelos mais pesados e maiores são voltados para o público gamer. Eles são maiores por causa das qualidades técnicas que possuem. Não são bons notebooks para serem transportados com frequência.

E há ainda modelos de notebooks menores ou ultrafinos como o Macbook Air. São bons para quem precisa de um computador ágil, com bom processador e de alta performance, mas que cabe na mochila.

Foto: Divulgação

E o disco rígido?

Na nossa opinião, essa é menor das suas preocupações. Se você gostar de um notebook ultrafino cujo disco rígido é pequeno, você sempre pode optar por comprar um disco externo para guardar seus documentos.

Claro que um disco com 128 GB de armazenamento é um tamanho ideal. Entretanto, hoje em dia existem vários serviços de nuvem em que você paga um valor pequeno por mês e tem mais de um TB de espaço online para guardar o que quiser!

Portanto não se apegue a essa característica, afinal tamanho não é documento.

***
Gostou?
2
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!